a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Pol Manrubia- “Vamos ...

segunda , Jun. 27 2022
5

Nuno Resende- “Vamos dar ...

segunda , Jun. 27 2022
6

Ricardo Ares- “Foi um ...

segunda , Jun. 27 2022
7

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62071

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
30860

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25017

CE- 7.º-8.º lugares “Hat ...

sábado , Jul. 16 2016
2162

Sessão de autógrafos do ...

quinta , Abr. 23 2015
1624

Trissino apresenta “Caio”

segunda , Jul. 06 2020
1032

massagista inicial

FCPrenato cabestany nelsonfilipe

A equipa sénior do FCPorto, que perdeu por 6-4 frente ao CDPA, quer mostrar que a derrota sofrida foi um acidente de percurso e vencer a Sanjoanense no jogo da quinta jornada do Campeonato Nacional, marcado para este sábado, às 15h00 no Dragão Caixa. Guillem Cabestany pede à equipa a concentração que não teve na partida com os oeirenses para regressar às boas exibições.
“Temos que dar um passo em frente, não só ao nível do resultado, porque temos que ganhar o jogo de manhã, mas também ao nível da maturidade, respeitando ao máximo o adversário”, observa o treinador espanhol, em declarações ao www.fcporto.pt e ao Porto Canal.
Os erros cometidos no jogo em Paço de Arcos estão devidamente identificados por Cabestany: “Apesar de sabermos das qualidades do adversário e onde estão os seus pontos fortes, a concentração durante do jogo não foi a máxima. Por outro lado, não entrámos bem no jogo, fomos precipitados e, quando perdes a cabeça, tudo se torna mais difícil. E o Paço de Arcos soube aproveitar muito bem cada um dos erros que cometemos. Se agora voltarmos a cometê-los, é porque não merecemos ser candidatos ao titulo”.
A Sanjoanense ocupa o 13.º lugar da tabela, sem qualquer ponto somado, pelo que esta pode ser a partida ideal para os portistas - quintos classificados, com nove pontos - regressarem aos bons resultados. Para isso, o técnico catalão considera que a equipa só precisa de “recuperar os princípios defensivos” e ter “máxima concentração” no encontro.

Foto|Fonte: FC Porto

workshops para rodapé Noticias AutoManicura