a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

2.ª D-Norte- Juventude ...

domingo , Jan. 29 2023
22

1.ª D- Famalicense ...

domingo , Jan. 29 2023
24

1.ª- Paço Arcos vence ...

domingo , Jan. 29 2023
16

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62966

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
31826

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25813

Valdagno vence líder do ...

segunda , Fev. 16 2015
1996

FC Porto (b) vence HC ...

domingo , Out. 09 2016
3560

"1.º Torneio Mini Hóquei ...

sexta , Abr. 21 2017
3178

4 Tec Massagem 27 Fev

LuísSéniva

Em entrevista ao Jornal “O Jogo”, o selecionador português de hóquei em patins afirmou que a passagem à fase a eliminar é "o primeiro grande objetivo" de Portugal no Mundial, que se vai disputar em La Roche-sur-Yon, França.
"Temos a noção daquilo que vamos encontrar, temos a noção daquilo que são as nossas capacidades e da nossa realidade atual, e parece-nos adequado a este processo que se possa traçar como matriz o jogo a jogo. O primeiro grande objetivo é o grupo e a partir daí são provas a eliminar", explicou Luís Sénica à agência Lusa, antes da partida para França.
Mesmo focado na fase de grupos, o selecionador luso não esqueceu a segunda fase, onde Portugal poderá defrontar a Itália ou o Chile.
"Temos uma previsão também da matriz do cruzamento, Itália ou Chile, independentemente de quem quer que seja serão difíceis, mas estamos conscientes que conseguiremos fazer o nosso trabalho", reiterou.
Em declarações na sede da Federação Portuguesa de Patinagem, em Lisboa, antes da partida para o aeroporto da Portela, o selecionador nacional reiterou a confiança nos jogadores convocados, afirmando que a "seleção tem condições sempre de lutar e de se superar".
"Equipa técnica e jogadores, aquilo que sabemos é da nossa motivação, da nossa força, da nossa confiança em cada um e daquilo que se pode traduzir na pista. Aconteça o que acontecer nos jogos, acho que a seleção tem condições sempre de lutar e de se superar à procura de atingir o objetivo final a cada jogo, que será ganhar", disse.

Fonte|Foto: Jornal “O Jogo”

Sponsored By:

ForcabeCursos