a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Resumo do HC Turquel – ...

terça , Set. 29 2020
11

CP Sobreira apresenta ...

terça , Set. 29 2020
81

Resumo HC “Os Tigres” – ...

terça , Set. 29 2020
16

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
59456

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
27335

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
21726

Henrique Magalhães em ...

terça , Set. 06 2016
1338

Dragões empatam no ...

sábado , Set. 03 2016
1861

Pedro Martins renova com ...

terça , maio 23 2017
1365

Cursos Grupos 2

lima pereira 295 0

A polémica do protesto imposto pelo CART julgado improcedente pela FPP, continua bem presente e agora que houve uma resposta, ainda que contestada pelo CART, a FPP de seguida deu ordem para a realização do que resta do Campeonato Nacional da 3.ª Divisão, nomeadamente do apuramento do Campeão e da Promoção. Assim, estivemos à conversa com Lima Pereira, presidente do CART há 6 anos e atualmente no seu terceiro mandato, que julga que tudo isto ainda poderá não estar terminado e lamenta as consequências que entretanto poderão advir.

PLR: Consegue resumir toda esta história que opõe o CART à FPP?
Lima Pereira (LP): Este caso iniciou-se uma semana antes do jogo da 4ª jornada do Campeonato nacional da 3ª divisão zona norte. A direção do CART foi contactada por alguém ligado à modalidade dando conta que o OCB tinha intenção de utilizar os atletas em causa no jogo contra o CART! Entendemos não dar importância ao assunto, porque no nosso entender se o OCB o fizesse seria sancionado ao abrigo dos regulamentos pelo Conselho de Disciplina, daí o motivo pelo qual o CART não protestou o jogo no boletim oficial do jogo.
Aguardamos pelo comunicado do Conselho de Disciplina onde esperávamos que constasse o castigo ao OCB, tal não veio a acontecer. Como não tínhamos qualquer dúvida sobre a ilegalidade, porque o protesto ao jogo tinha custos e porque é da competência do Conselho de Disciplina analisar e castigar quem comete este tipo de infração, resolvemos fazer uma exposição ao Conselho de Disciplina (CD) dando conta do caso e pedindo que fosse aberto um inquérito não só a este jogo, mas a todos os jogos das equipas "B" mesmo dos outros clubes.
O Inquérito foi aberto pelo CD, foram ouvidas as partes, OCB, aqui aconteceu um caso curioso, a Federação enviou toda a exposição do CART para o OCB, inclusive no papel timbrado do CART, ou seja, nem tão pouco se deram ao trabalho de questionarem por si mesmos, pegaram na nossa documentação, enviaram ao OCB e perguntaram: o quem tem a dizer sobre isto?
Este inquérito teve como resultado o arquivamento, ficamos a saber que o OCB através da AP Minho questionou a FPP sobre se podia utilizar os jogadores e que alguém (não sabemos quem!) da FPP respondeu à AP Minho que os atletas em causa podiam jogar pois eram sub20! Toda a argumentação da FPP baseia-se no facto de os atletas serem sub20, assunto e facto não relevante para o motivo, pois os jogos não são entre uma equipa sub20 e seniores, os jogos em causa são entre uma equipa "A" e uma equipa "B" que tem um regulamento próprio.
Quando saiu a decisão do inquérito o CART mostrou logo o seu descontentamento e reservou direito de protestar se assim e quando entendesse.
Protesto esse enviado à FPP dentro do prazo legalmente estipulado e cujo resultado é o que já se sabe, foi considerado improcedente.

PLR: O que pensa da forma como a FPP geriu tudo isto?
LP: Muita coisa poderia dizer, mas iria levar o assunto para onde não é conveniente. Tenho a minha opinião dos culpados disto tudo, aliás não tenho dúvidas nenhumas, já o disse a quem de direito!
A partir da altura que o CART meteu o protesto a FPP teve uma postura sensata, pois ao abrigo dos regulamentos os campeonatos poderiam continuar com o protesto a decorrer, mas a suspensão dos campeonatos foi uma decisão correta, o mesmo já não posso dizer da decisão de não continuarem suspensos até final do prazo para apresentar recurso.

PLR: O que já fez o CART até agora junto da FPP para tentar ver garantidos os direitos que defende?
LP: O CART fez tudo o que estava ao nosso alcance! Achamos que o assunto é demais importante não só para colocar a verdade desportiva neste campeonato, mas também para clarificar este assunto para as épocas futuras! Fizemos a exposição que foi arquivada e apresentamos o protesto que baseado na decisão do processo de inquérito também foi julgado improcedente.
Não o fizemos contra o OCB, fizemos contra os atropelos cometidos contra o regulamento e que não foram devidamente sancionados pela FPP! Este caso coloca a verdade desportiva em causa.

PLR: Como acha que a FPP está a tratar o CART em todo este processo?
LP: A FPP deve estar com um "amargo de boca" por mais uma vez o CART estar a fazer frente em questões regulamentares! Com este caso é o 3º em pouco mais de 4 anos que o CART enfrenta a FPP.
O primeiro foi um protesto a um jogo por erro de arbitragem, ganho pelo CART, onde a FPP mandou repetir o jogo já depois de o campeonato ter terminado com a agravante de esse jogo decidir se o CART subiria ou não, isto uma semana depois dos campeonatos terminar!
Na época passada foi o assunto do policiamento, onde mais uma vez a FPP foi obrigada a dar razão ao CART, e agora este! Por tudo isto somos na minha opinião clube "non grato" para a FPP.

PLR: É conhecido que a FPP considerou improcedente o protesto do CART, o que restará agora ao CART?
LP: Essa decisão do CD não nos causou surpresa, para nós a maior surpresa foi sem dúvida a forma como o CD conduziu o protesto! A decisão foi um copy e paste da decisão do inquérito! Nada do que o CART introduziu no protesto foi tido em conta!
Agora e de forma a esgotar os procedimentos legais que temos vamos recorrer para o Conselho de Justiça, última instância para onde podemos recorrer e mediante a decisão do Conselho de Justiça iremos analisar o passo seguinte!
Já o disse várias vezes e volto a afirmar que iremos até às últimas instâncias, não temos dúvidas da nossa razão!

PLR: No próximo fim de semana começam as disputas pelo apuramento do Campeão e da subida à 2. Divisão. Julga que estão reunidas as condições para se reatarem as competições?
LP: Não, aliás disso dei conta ao Comité de Hóquei em Patins!
Se a FPP teve o "bom senso" de suspender até decisão do CD, também deveria manter suspensos até à decisão do Conselho de Justiça, essa sim será a última decisão para a qual não há hipóteses de recurso.
Como irá a Federação resolver o problema se o Conselho de Justiça der razão ao CART?

PLR: O que acontecerá ao CART caso suba ou não suba de divisão?
LP: Iremos continuar a ser o CART, não são os títulos que nos movem! Já sabemos o que vamos fazer na próxima época independentemente da decisão final deste caso. Já temos a próxima época em planeamento!
Tanto jogamos na 2ª como na 3ª divisão. Estamos prontos para a próxima época.