a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

O tributo de Hélder ...

segunda , Mar. 01 2021
4

Resumo SL Benfica- UD ...

segunda , Mar. 01 2021
9

Leoas sem piedade das ...

segunda , Mar. 01 2021
59

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
60022

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
27956

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
22324

2.ª D- Sul- “Jofi” com ...

domingo , Fev. 21 2016
1662

Espanha- OK Liga- CP ...

terça , Ago. 18 2015
1579

2.ª D- GD Sesimbra ...

terça , Out. 15 2019
772

2 Barbeiro Março

Carlossanjoanense benfica

O SL Benfica venceu nesta noite de 4.ª Feira a Sanjoanense no recinto destes por 4-1, num jogo onde foi quase sempre superior e justificando os tres pontos que lhe garantem a liderança do nacional da 1.ª divisão.
Partida intensa com um Pavilhão lotado para a acompanhar de perto as incidências de jogo, e que deu um colorido especial a este encontro.
O Benfica entrou mais forte mas a ter dificuldades em traduzir em golos essa superioridade em rinque. Ainda assim Carlos Nicolia a inaugurar o marcador à passagem do minuto sete. Sem que conseguisse ganhar vantagem no marcador, a Sanjoanense foi acreditando e aos poucos foi-se aproximando da baliza defendida por Traball. As substituições entretanto efectuadas pelo técnico encarnado a não fazerem o devido efeito, com o Benfica a baixar um pouco a intensidade do seu jogo que acabaria por ser bem aproveitada por Tiago Ferraz aos 19 minutos deste primeiro tempo.
E a Sanjoanense só não foi para o intervalo a vencer porque Tiago Ferraz não conseguiu dar o melhor seguimento ao LD que a sua equipa dispôs a 8 segundos do intervalo.
O Benfica entrou mais uma vez a mandar no jogo logo ao inicio da segunda metade, a exemplo daquilo que fizera na primeira parte, e Carlos Lopez conseguiria logo ao terceiro minuto colocar novamente a formação encarnada na frente do marcador. O Benfica dispõem de uma oportunidade de ouro para aumentar a vantagem mas Carlos Nicolia não consegue desfeitear Marco Lopes o guardião da Sanjoanense, na marcação de uma GP, estavam decorridos 8 minutos de jogo. Mas mais uma vez a pouca pontaria dos avançados encarnados iam dando alento à Sanjoanense que tinham em Marco Lopes, o seu garante, ele que defendeu tudo o que poderia ter sido defendido e foi adiando a vitória encarnada até ao limite.
Válter Neves consegue finalmente fazer o 3-1 aos 12 minutos e seria a Benfica a aumentar para 4-1 aos 20 minutos por Carlos Lopez na sequência de um LD a castigar a 10.ª falta de equipa da Sanjoanense. Ainda nesse minuto ainda tempo de ver Chico Barreira desperdiçar mais um LD, este a penalizar a 15.ª falta de equipa das Águias, com o resultado a não se alterar até final.
Triunfo justo da equipa do SL Benfica, que mostrou nos cinquenta minutos de jogo mais pendor atacante e foi quase sempre quem mandou em rinque. De qualquer forma a equipa de Vítor Pereira a deixar a “pele” em campo e a não baixar a guardam, tentando, dentro das suas limitações surpreender a formação lisboeta. Destaque nesta partida para Carlos Lopez pelos dois golos que apontou, mas em particular, e como já referimos, Marco Lopes que fez uma exibição imensa, e não foi claramente pela defesa da baliza que a equipa da Sanjoanense perdeu este jogo.

Foto: António Anacleto