CaioFCPorto1

Após derrotar o CD Póvoa, o lanterna vermelha do Campeonato Nacional, no fim-de-semana anterior, o FC Porto Fidelidade encontra agora o penúltimo classificado, a Sanjoanense, na 20.ª jornada, marcada para este sábado (18h00, Porto Canal), no Pavilhão Desportivo de São João da Madeira. Apesar dos 41 pontos que separam as duas equipas na tabela, Caio acredita que não será um jogo fácil e alerta que, nesta fase decisiva da época, os Dragões estão proibidos de perder mais pontos.
“É um erro pensar-se que a Sanjoanense é um adversário acessível, porque em casa é muito aguerrida, nunca dá o jogo por perdido e tem feito bons resultados com equipas teoricamente mais fortes. Por isso, vamos encontrar dificuldades, até porque vamos jogar num piso difícil, num pavilhão que por norma está sempre cheio. Temos que estar concentrados, porque não podemos perder mais pontos”, afirma o número oito dos portistas, em declarações ao www.fcporto.pt e ao Porto Canal.
Contra um adversário a necessitar urgentemente de pontos - e que foi derrotado por 9-2 pelos azuis e brancos, na partida da primeira volta -, a estratégia dos comandados de Tó Neves passará, de acordo com Caio, por “tentar aproveitar os erros" que o adversário possa cometer, "fruto de alguma insegurança e intranquilidade tendo em conta a classificação no campeonato”. “Estamos numa boa fase, estamos a três pontos do nosso principal adversário, que vai ter também um jogo difícil no sábado e contamos que eles escorreguem para que possamos aproximar-nos do primeiro lugar”, acrescentou o avançado, olhando para o Oliveirense-Benfica do mesmo dia.

Foto/Fonte: FC Porto