a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Nomeações de 29 ...

sexta , Fev. 28 2020
100

Gonçalo Alves- ...

sexta , Fev. 28 2020
25

Alejandro Domínguez- ...

quinta , Fev. 27 2020
56

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
58268

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
26148

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
20817

II D - HA Cambra vence ...

domingo , Jan. 28 2018
509

3.ª D- Sul- Parede FC ...

sábado , Mar. 26 2016
996

Hélder Gomes não renova ...

quarta , maio 30 2018
556

interioresCabeleireiro ESS Q

DSCF6459

OC Barcelos - CH Carvalhos 6-1

Só nos últimos dez minutos da partida é que o OC Barcelos conseguiu de forma tranquila garantir o triunfo sobre os Carvalhos por 6-1, com três tentos a serem apontados por Joca Guimarães.

Apesar do maior domínio e posse de bola por parte do OC Barcelos quem marcou primeiro foi a turma dos Carvalhos por intermédio de José Almeida aos 6'.
A resposta do OC Barcelos demorou seis minutos, altura em que Joca Guimarães fez o empate.
Depois o jogo entrou uma fase desinteressante com muitos passes falhados por parte das duas equipas.
Aos 20' e "acabadinho" de entrar João Candeias deu a volta ao marcador colocando o Barcelos em vantagem.
Na resposta Rui Vidal isolado perante o guarda redes Ricardo Silva não conseguiu fazer o empate, permitindo que os minhotos fossem para o descanso com um golo de vantagem.
Para a segunda parte o OC Barcelos podia ter aumentado cedo o marcador mas aos quarenta e quatro segundos Joca Guimarães não concretizou uma grande penalidade.
A turma dos Carvalhos pressionou e procurou a igualdade mas Ricardo Silva foi evitando.
Mesmo assim foi o OC Barcelos a estar perto de marcar mas aos 12' Joca Guimarães rematou com estrondo no ferro da baliza de Mário Mata. A seguir João Candeias falhou de forma escandalosa quando tinha a baliza do Carvalhos completamente à sua mercê.
À entrada dos últimos dez minutos o OC Barcelos chegou ao 3-1 por Joca Guimarães, para Luís Querido de grande penalidade elevar para 4-1.
Os minhotos ainda nada satisfeitos voltaram a marcar por Joca Guimarães que em dia de aniversario, foi a figura em destaque apontando o 5-1.
O CH Carvalhos podia ter reduzido mas José Almeida desperdiçou um livre direto por José Almeida a castigar a décima falta da equipa minhota.
O resultado final foi estabelecido a cinco segundos do fim por Luís Querido.
Os minhotos mantêm assim a sexta posição antes de mais uma jornada europeia no próximo sábado na Alemanha para medirem forças com o Cronenberg..