a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

O tributo de Hélder ...

segunda , Mar. 01 2021
7

Resumo SL Benfica- UD ...

segunda , Mar. 01 2021
12

Leoas sem piedade das ...

segunda , Mar. 01 2021
61

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
60022

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
27956

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
22324

Fernando Almeida renova ...

quinta , Ago. 13 2020
420

Seleção Feminina do ...

segunda , Ago. 08 2016
1416

Bilhetes para o FC Porto ...

terça , maio 15 2018
1001

2 Barbeiro Março

diograf

A 14.ª jornada do Campeonato Nacional de Hóquei em Patins marca, não só o primeiro dérbi deste novo ano, mas também o início da segunda volta, e proporciona o segundo grande duelo entre dois dos fortes candidatos ao título, com as “águias” a visitarem os “leões” já no sábado.
Todas as semanas são diferentes porque todos os adversário são também diferentes, e este não é excepção. É um dérbi, uma deslocação muito importante para nós e onde sabemos que alguns adversários já perderam pontos – ainda para mais o Sporting tem vindo a fazer um bom Campeonato”, começou por dizer o hoquista Diogo Rafael à BTV.
Com elevada nota artística, a equipa liderada por Pedro Nunes, que ainda não perdeu nenhum jogo na Liga (cedeu apenas um empate), chega ao dérbi em melhor situação pontual, com mais nove pontos do que o adversário da Segunda Circular. “A segunda volta exige o melhor de nós e começa já com esta deslocação. O Sporting está motivado, tem vindo a fazer bons resultados, está numa posição que lhe é favorável e aceitável mas, se queremos cimentar o primeiro lugar, cabe-nos a nós ir para este jogo com a máxima concentração e o máximo empenho. Se fizermos aquilo que sabemos conseguiremos uma vitória, que é o mais importante”, analisou.
Na Luz, na ronda inaugural, o Sporting perdeu precisamente diante dos Benfiquistas, por 3-2. Agora, em casa, os “leões”, certamente tudo farão para apagar a imagem que deixaram a 4 de Outubro de 2014. No entanto, do outro lado, estará um Benfica que não vai facilitar as contas, que não está disposto a perder um único ponto, e sobretudo a liderança da tabela classificativa. “Sabemos que num dérbi não há favoritos mas temos equipa para ir jogar contra o Sporting e conseguir uma vitória, que é o mais importante. Sentir estes dérbis é importante e ser Benfiquista é muito importante. Sabemos que não jogamos em casa, perante o nosso público, mas um dérbi é sempre um dérbi e os dérbis são para vencer, e este não foge à regra”, concluiu.
O dérbi está agendado para as 18h30 deste sábado, dia 10 de Janeiro, no pavilhão Gimnodesportivo da Azueira, no concelho de Mafra.

Fonte/Fotos: www.slbenfica.pt