a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

3.ª D- Zona B- Escola ...

terça , Out. 19 2021
13

3.ª – Zona A- USC ...

terça , Out. 19 2021
11

1.ª Divisão- Resumo do ...

terça , Out. 19 2021
11

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
61139

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
29386

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
23727

Taça Portugal- Veteranos

segunda , Nov. 17 2014
2794

Francisco Silva (OCB)- ...

sexta , Abr. 01 2016
1647

AP Lisboa - Torneio ...

segunda , Jan. 30 2017
1599

05 Barbeiro Completo 500h

PC135761

HC Santarém – UDC Nafarros 2-15

O HC Santarém que se apresenta esta época pela primeira no seu historial com uma equipa sénior, teve o seu baptismo na prova mais popular do hóquei em patins, mas acabou por nem ter tempo para saborear este momento.
Pela frente encontrou o Nafarros que se apresentou no Municipal de Santarém com a sua equipa habitual e com o decorrer dos minutos acabou por fazer prevalecer a sua experiência e qualidade comparativamente ao conjunto escalabitano.
Primeiros minutos de algum equilíbrio, mas gradualmente a formação de Pedro Feliz foi acentuando o fosso entre os dois conjuntos. Ao intervalo o resultado era já de 4-0 favorável ao Nafarros.
Entrada fortíssima na segunda metade da equipa do Concelho de Sintra que fez mais quatro golos nos primeiros cinco minutos, colocando o placar em 8-0.
A equipa de António Vicente ia fazendo pela vida, mas com o passar dos minutos e com o desgaste a pesar nas pernas foi sem surpresas que a goleada acabaria por ganhar forma.
João Azevedo e Hugo Morais minimizaram os estragos por parte da equipa de Santarém, que diga-se mereceram pelo que lutaram. Mas contra factos não há argumentos e a diferença qualitativa foi gritante nesta partida.
Pelo Nafarros marcaram André Lima e Tiago Gouveia a fazerem hattrick, Dário Alexandre, Pedro Lourenço, Nelson Chorincas, Edgar Morais com dois golos cada, respectivamente e por fim Bruno Delgado a marcar por uma vez.