a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Carlos Nicolia " Uma ...

terça , Jul. 16 2019
964

Seleção recebida pelo ...

terça , Jul. 16 2019
382

José Luis Páez " Fomos ...

segunda , Jul. 15 2019
763

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
56983

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
24954

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
19910

Angola- CP Porto Lobito ...

quarta , Fev. 03 2016
969

1.ª D- Póquer de Vasco ...

domingo , Out. 29 2017
882

Famalicense AC vence ...

quarta , Set. 09 2015
1031

interioresinteriores

hct-ads

HC “Os Tigres” – AD Sanjoanense 8-4

O Tigres venceu na final de tarde de Sábado o Sanjoanense por 8-4, numa partida entre duas equipas que militam na parte final da tabela classificativa. A formação ribatejana conseguiu um triunfo que tem tanto de importante como de justo, saindo após esta jornada da zona de despromoção.
Num jogo intenso em algumas alturas jogado a grande velocidade a equipa de Pero Nifo soube gerir bem os tempos e conseguir uma vantagem que durante a partida foi dilatando aproveitando a ansiedade da formação que viajou de S. João da Madeira e em particular os erros defensivos da equipa gerida por Vitor Pereira.
Rui Gamboa inaugurou o marcador aos 5 minutos mas menos de um minuto depois empate na partida com Chico Barreira a seticar forte e colocado sem defesa para francisco Veludo.
Os minutos que se seguiram foram de emoção com Tigres e Sanjoanense a desperdiçarem um livre directo. “Johe” aos 9 minutos coloca novamente a equipa de Almeirim a vencer, numa fase de ascendente da equipa do Tigres. No minuto seguinte é João “Janeka” Silva que aumenta para 3-1. Até ao intervalo foi a equipa da Sanjoanense a tentar pegar no jogo e esse ligeiro ascendente acabaria por dar um golo, de autoria de Daniel Homem que a tres minutos do intervalo reduziu para 3-2.
O Tigres veio motivado do descanso e logo aos quatro minutos Rui Gamboa bisa na partida e coloca o Tigres a vencer por 4-2.
Com as equipas a jogarem para a vitória, assistiu-se a uma fase de jogo aberto com as oportunidades a surgirem com frequência nas duas balizas. Muita luta pela posse de bola e a procura do golo a ser a principal preocupação das duas formações.
“Janeka” aos 15 minutos aumenta para 5-2. Mas a Sanjonense responde poucos segundos depois pelo seu capitão João Oliveira que faz o 5-3, e deixa tudo em aberto para os minutoas que ainda faltam. A equipa de Vítor Pereira nunca se porfiou na defesa, obrigando a formação de Almeirim a ter cuidados redobrados, em particular a Chico Barreira e Daniel Homem.
Os últimos cinco minutos foram de loucos. Jogo corrido, aberto por uma Sanjoanense que lutou com o que tinha para sair do “Alfredo Bento Calado” com um resultado que lhe fosse positivo.
Aos 21.20, Filipe Bernardino aumenta para 6-3 na transformação de uma GP, mas vinte segundos depois é a vez de Chico Barreira na sequência de um LD a castigar a 10.ª falta do Tigres, faz o 6-4. Sem tempo para respirar, e com o jogo totalmente aberto, foi tempo de assistirmos ao show de Filipe Bernardino, que fez dois golos de antologia, com pormenores técnicos deliciosos, colocando o resultado em 8-4, o ultimo dos quais a 1.28 do final da partida. Até ao fim ainda tempo de vermos Chico Barreira pela Sanjonense e “Janeka” pelo Tigres desperdiçarem livres directos.
Sem ser uma grande partida, valeu pela entrega dos intervenientes. Triunfo justo da formação de Almeirim que em rinque foi melhor na maioria do tempo de jogo. A Sanjoanense só se pode queixar de si própria ao dar muito espaço na sua zona defensiva, bem aproveitado pelo ataque do Tigres, em particular Filipe Bernardino e “Janeka” dois excelentes executantes que hoje foram determinantes no desfecho da partida.

Pavilhão “Alfredo Bento Calado” - Almeirim

Árbitros: João Duarte, Cidalino Lamosa e Hélder Pardal

HC Tigres: Francisco Veludo (gr), Rui Gamboa (2), Filipe Bernardino (3), João “Janeka” (2), André Martins; João Filipe Silva, Alexandre Andrade, “Johe” (1), Ivo Saldanha e João Patrício (gr)
Treinador: Pedro Nifo

AD Sanjoanense: David Nogueira (gr), João Oliveira (1), Tiago Ferraz, Filipe Leal, Chico Barreira (2); Daniel Homem (1), Pedro Cerqueira, Afonso Santos, Alfredo Nogueira e Marco Lopes (gr)
Treinador: Vítor Pereira