a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Miguel Fortunato- ...

sexta , Abr. 03 2020
188

Reinaldo Ventura à ...

sexta , Abr. 03 2020
103

Reunião FPP e Clubes da ...

quinta , Abr. 02 2020
75

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
58459

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
26343

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
20974

3.ª D- Sul – “Póquer” de ...

segunda , Mar. 06 2017
1104

Pedro Moreira (UDO): ...

quinta , maio 24 2018
533

"Benfica e Stuart nos ...

domingo , Dez. 03 2017
645

interiorespluri unhas J

HCMaia

Foi fundado o Hóquei Clube da Maia, criado e federado na Associação de Patinagem do Porto com vista a promover e renascer a modalidade do Hóquei em Patins na cidade da Maia. Carlos Pereira, Daniel Miranda e Paula Castro são ex-atletas do extinto clube CD Nortecoope, e principais mentores do projeto Hóquei Clube da Maia. Todos são naturais da cidade da Maia e toda a sua vida estiveram ligados ao hóquei em patins e ao clube que tão bem representou esta cidade. Este grupo juntou esforços para promover e expandir uma modalidade que trouxe vários títulos a esta zona geográfica do país, e que pretende aumentar o nível de influência no panorama desportivo atual. Mais que ex-atletas do clube, foram habitantes da pequena cooperativa que lhes proporcionou uma infância incomparável à dos dias de hoje. Ao clube e à modalidade que escolheram têm muito agradecer, e passa também pelos seus objetivos tentar trazer esses mesmos benefícios que outrora foram para a nossa juventude, para esta nova geração de jovens maiatos. Queremos fazer renascer o clube que sempre foi «de todos e para todos», e dar oportunidade aos jovens praticantes do hóquei em patins a oportunidade de integrarem-se num clube desportivo que tem como principal fundamento a formação de novos valores dentro da nossa sociedade. O objetivo deste novo clube, não será a simples criação de um clube, mas também apostar na formação de novos valores, não só a nível desportivo mas também na formação de novos carateres.
Em paralelo à criação deste novo clube, querem também levar às escolas e outros estabelecimentos de ensino a patinagem e o hóquei em patins. Por isso, criaram o Projeto das Escolas de Patinagem que permitirá criar parcerias com as entidades de ensino maiatas e promover aos seus respetivos alunos aulas de patinagem. Além disto, também continuarão com a escola de patinagem no clube dentro das futuras instalações, trabalhando os novos talentos para mais tarde participarem no panorama competitivo da Associação do Porto, contando que com estas novas parcerias se consiga aumentar o leque de atletas a praticar a modalidade no clube da Maia. Com todo este processo, pretende-se assim criar um clube que seja «de todos e para todos», no fundo que assente em fundamentos de formação do jovem atleta. Este projeto pretende envolver toda a população maiata, não só através da prática do hóquei em patins para os mais novos, mas também na criação de uma dinâmica de colaboração e criação de atividades para as pessoas envolvidas no clube. Tendo como base a politica e forma de trabalhar do Hóquei Clube da Maia com rigor e ambição, este projeto pretende ajudar o clube a tornar-se cada vez mais completo e útil na sociedade. Para tal, foram estabelecidos alguns objetivos gerais, tanto a curto prazo, como a médio prazo, que passamos a numerar:

Objetivos a curto prazo:
- Criação e arranque em funções de uma escola de patinagem direcionada ao hóquei em patins;
- Criação e desenvolvimento de parcerias com escolas e instituições comunitárias da área envolvente.
- Inserir, através de cooperações com os estabelecimentos de ensino, a prática de hóquei em patins nas aulas de atividade extracurriculares dos alunos;
- Cimentar o gosto pela modalidade de hóquei em patins como modalidade unificadora dos vários membros da comunidade.

Objetivos a médio/longo prazo:
- Formação do máximo de equipas nos escalões jovens federados, com vista a participação dos mesmos nos campeonatos distritais da Associação Patinagem do Porto;
- Tornar o clube conhecido e respeitado dentro dos organismos da modalidade (federação e associações);
- Cooperação com os estabelecimentos de ensino abrangidos pelas nossas parcerias para organizar o transporte das crianças da escola para as instalações do clube, criando assim a oportunidade dos pais não terem que se preocupar com horários de saída da escola e entrada para o treino, bem como evitar o trânsito usual nas escolas durante o horário de saída;
- Criação de uma equipa sénior masculino, para que possa servir de referência aos atletas mais jovens e criar objetivos futuros nas suas carreiras de hoquistas. Este escalão deverá participar numa fase inicial nos campeonatos distritais da Associação de Patinagem do Porto.

Neste momento o HC Maia já se encontra em funções na área da formação com as escolas de patinagem e parcerias com estabelecimentos de ensino já em funcionamento nas redondezas da cidade da Maia, enquanto se encontra em negociações avançadas com o Departamento de Desporto da Câmara Municipal da Maia para assumir um local permanente para sediar o clube. De realçar que o HC da Maia está a receber o apoio total por parte dos representantes do Desporto da Câmara Municipal da Maia, nomeadamente por parte do seu vereador do Desporto Hernâni Ribeiro. Estando então todo este processo em fase avançada, foi pensado um logotipo, que representasse a cidade da Maia. Para tal, optaram por usar um dos símbolos da cidade como referência, nomeadamente “o Lidador”, Gonçalo Mendes da Maia, aliando alguns símbolos da nossa modalidade.