a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Portugal vence França e ...

sábado , Set. 24 2022
16

Ricardo Ares- “Éramos ...

sábado , Set. 24 2022
6

Triunfo difícil mas ...

sábado , Set. 24 2022
11

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62375

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
31267

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25368

UD Oliveirense vence CD ...

sábado , Out. 04 2014
3163

Carlos Resende leva 12 ...

sexta , Dez. 15 2017
1539

Camp. Nac. Feminino ...

terça , Nov. 25 2014
2010

Nail Art Nível I 19 Setembro

sct-ajs

SC Tomar – AJ Salesiana 3-4

O SC Tomar voltou a ser surpreendido no “Jácome Ratton”, desta feita pela AJ Salesiana que foi até terras nabantinas, vencer por 4-3 em jogo que contou para a 9.ª jornada do Nacional da segunda divisão- sul.
A equipa de Nuno Domingues cedo assumiu a partida e foi sem surpresas que inaugurou o marcador por intermédio de Ivo Silva, estavam então decorridos 8 minutos de jogo. Sempre com mais perigo e a procurar resolver cedo a partida, os leões voltam a marcar, no minuto seguinte através de LD a castigar um CA mostrado a Leonardo Monteiro. Luís Silva responsável pela marcação do livre directo não perdoou e aumentou para 2-0.
Seria a equipa do SC Tomar a fazer o 3-0 à entrada dos últimos cinco minutos do primeiro tempo por intermédio de Hernâni Diniz, mas a Salesiana respondeu poucos segundos depois por Luís Marques que reduziu para 3-1, resultado com que se atingiu o intervalo.
Se na primeira parte a formação leonina mesmo sem jogar bem justificava o resultado, a segunda metade da partida acabaria por mostrar o revés da medalha em termos exibicionais por parte da equipa Tomarense.
E aqui há que dar mérito ao conjunto de Luís Costa Duarte que não temeu o resultado negativo que o marcador registava jogando sem complexos frente a uma das proclamadas candidatas à subida. Logo no primeiro minuto da etapa complementar a formação do Estoril reduziu para 3-2 por Tomás Silva.
Este golo acabaria por ter um efeito nefasto na formação da casa que sentiu o toque e nunca mais conseguiu mostrar o hóquei que tinha evidenciado na primeira metade. Sem objectivo e com um jogo muitas vezes anárquico a equipa leonina acabou por ser presa fácil do conjunto da Salesiana. Comandada por Pedro Santos e Tomás Silva, que com a sua experiência foram minando a confiança dos leões a equipa de Luís Duarte chega ao empate aos 7 minutos com Tomás Silva a bisar.
O SC Tomar atacou muito, mas quase sempre mal, usando e abusando nas jogadas individuais ou na meia distância de Luís Silva, perante um conjunto que fechava bem os caminhos da baliza defendida por Tiago Afonso. E quando a defesa falhava, era o guardião da Salesiana que resolvia.sct-ajs1
E nesta fase de jogo do gato e do rato foi a Salesiana que pela primeira vez se colocava na frente do marcador, faltavam então 8 minutos para o final da partida. Leonardo Monteiro a ser mais lesto que a defesa leonina e a fazer o 4-3 para a sua equipa.
Até final muito coração mas muito pouco discernimento da equipa Tomarense, que pode queixar-se da falta de estrelinha em algumas jogadas, mas não se pode retirar o mérito ao conjunto que viajou do Estoril, que soube aproveitar bem as benesses que a equipa ribatejana foi dando.
O SC Tomar tem uma oportunidade soberana para chegar ao empate mas Luís Silva, desperdiça o LD a assinalar a 10.ª falta da AJ Salesiana, faltavam então 2,50 par ao términus da partida.
Triunfo da formação que teve mais “cabeça” e que soube gerir de forma inteligente as contingências da partida.
O SC Tomar só se pode queixar de si próprio. Teve o pássaro na mão e deixou-o fugir. Para quem assume publicamente a intenção de subir, tem que mostrar mais “substrato” e hoje mais uma vez a equipa leonina deixou-se surpreender no seu próprio reduto.

Pavilhão “Jácome Ratton” – Tomar

Árbitros: Rui Taborda e Helder Pardal

SC Tomar: Marco Gaspar (gr), João Lomba, Filipe Almeida, Luís Silva (1), Ivo Silva (1); hernani Diniz (1), David Costa, André Silva, Nuno Domingues e Daniel leal (gr)
Treinador: Nuno Domingues

AJ Salesiana: Tiago Afonso (gr), Alexandre Duarte, Leonardo Monteiro (1), Tomás Silva (2), Pedro Santos; Luís Marques (1), Nuno Gomes, Francisco Nascimento, Miguel Menses e João Alves (gr)
Treinador: Luís Costa Duarte

Fotos: TM FOTO - António Antunes