a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

AD Sanjoanense começa a ...

quinta , maio 28 2020
2

“Vamos passar um mau ...

quinta , maio 28 2020
29

Marlene Sousa- “SL ...

quinta , maio 28 2020
20

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
58763

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
26622

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
21226

CM Feminino- India ...

sexta , Ago. 12 2016
1280

Alex Santos ex AA ...

segunda , Jun. 24 2019
1146

Famalicense AC com ...

terça , Ago. 30 2016
2154

pluri unhas J

joão simões

Sábado o Pavilhão do Turquel recebe mais uma noite europeia, desta feita frente ao Igualada.
A sorte foi madrasta para o Turquel, aliás para a maioria das equipa lusas na Taça CERS, e calhou ao HC Turquel uma das mais fortes formações espanholas. A equipa de João Simões perdeu por 6-0 na primeira mão em Igualada, e recebe no “Caldeirão” a formação catalã num jogo onde terá que se transcender se quiser sonhar com a passagem à fase seguinte.
Parafraseando António Gedeão “O sonho comanda a vida”, será aquilo que deverá ir no pensamento dos jogadores alvinegros quando entrarem em cena numa casa especial e com um público especial.
João Simões é um técnico realista e sabe bem os passos que poderá dar e aquilo que se poderá esperar da formação do Turquel. Na conversa que mantivemos com o técnico do Turquel e lhe perguntamos o porquê do desfecho final na Catalunha, João Simões não se escondeu em subterfúgios.
Se quer a minha opinião pessoal, acho que nos equivalemos a eles. A diferença esteve nos pormenores. São exímios na finalização, nota-se claramente que há um trabalho bem feito em termos colectivos, e nós tivemos oportunidades que desperdiçamos e eles em situações similares não perdoaram. É uma equipa tipicamente espanhola, bem organizada e com uma excelente atitude para com o jogo, ou seja competitiva, à imagem do campeonato espanhol”.
O que poderemos esperar do Turquel este Sábado, foi a questão seguinte.
Depois da derrota por 6-0 na primeira mão teremos um jogo complicado em Turquel. Frente a uma equipa muito bem organizada, temos as nossas chances, mas será, sinceramente muito difícil anular esta desvantagem.
No entanto ninguém espere um Turquel acomodado no próximo Sábado. Sabemos o que valemos e vamos dar o nosso melhor, não só para mostrar o nosso valor mas também para deixar uma imagem, que é real, de um grupo trabalhador e de grande entrega.
Vamos lutar para vencer, espero vencer, mas também sei que será muito difícil ultrapassar os seis golos que vem da primeira mão.
Vamos sim dar ao nosso público o prazer de nos ver dar o nosso melhor e a querer oferecer o triunfo a eles”.