a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

“Boas sensações e boas ...

domingo , Mar. 07 2021
18

Nuno Lopes renova com o ...

domingo , Mar. 07 2021
80

“Foi uma exibição muito ...

domingo , Mar. 07 2021
106

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
60041

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
27983

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
22344

David Gonçalves- “o ...

sexta , Jan. 29 2016
1703

3.ª D- Centro- Rescaldo ...

segunda , Jan. 26 2015
1800

Sporting contrata ...

sábado , Ago. 20 2016
5789

2 Barbeiro Março

ado-ajs-1

AD Oeiras – AJ Salesiana 2-3

O Oeiras depois da derrota em Tomar recebeu a AJ salesiana que ainda não tinha vencido qualquer encontro, somando apenas um empate caseiro frente à União do Entroncamento.
Jogo onde à partida a favorita era a formação orientada por Carlos pires, mas como os jogos tem a particularidade da surpresa adjacente, eis que a formação oriunda do Estoril fez gato-sapato do teórico favoritismo e arrecadou os preciosos três pontos que tanto procurava.
Numa partida muito táctica e jogada de forma mais lenta foram os forasteiros os primeiros a marcar. A equipa do Oeiras chega ao empate, resultado que não se alteraria até ao intervalo.
E foi mesmo a formação de Carlos Pires a adiantar-se no marcador ao inicio da etapa complementar, mas a perseverança e oportunidade demonstradas pela equipa orientada por Luís Costa Duarte acabariam por dar frutos.
Num jogo onde qualquer das formações apostava no erro adversário acabaria por ser a equipa estorilista a que por menos errar e mais perspicaz acabou por levar os três pontos, conseguindo dar a volta ao marcador a seu favor e colocando no placar final o resultado em 4-3.
Triunfo festejado por uma equipa que ainda não tinha saboreado os três pontos esta temporada.
Do lado do Oeiras o desânimo foi evidente. Depois da derrota em Tomar frente a um dos candidatos à subida, a formação de Carlos Pires tinha aqui a oportunidade de somar os três pontos, mas a vaga de lesões que assolou a equipa do Oeiras está a provocar estragos na equipa. Com Carlos Trindade fora de acção por mais algum tempo e Tiago Gouveia ainda meio gás a equipa do Oeiras tem sofrido pelas ausências, que foram aproveitadas pela formação da Salesiana que não desperdiçou a oportunidade de somar os três preciosos pontos.

André Garção (2) e Diogo Alves foram os marcadores da equipa do Oeiras com Leonardo Monteiro (2), Nuno Gomes (1), Pedro Santos (1) apontar os golos da formação da AJ Salesiana.