a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Ricardo Ferreira renova ...

domingo , Ago. 09 2020
9

Adroher poderá estar a ...

domingo , Ago. 09 2020
112

CD Póvoa já trabalha com ...

domingo , Ago. 09 2020
68

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
59181

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
27022

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
21495

CN- Sub-15 – Série C – ...

domingo , Mar. 01 2015
1522

“Rudy” renova com CCD ...

quinta , Jul. 02 2015
1109

Sorteios da 3ª Divisão, ...

quinta , Ago. 06 2015
1381

pluri unhas J

HCSantiagoSCTorres
O Hockey Club Santiago deslocou-se a Torres Vedras para defrontar o Sporting Clube Torres, tendo vencido fora 3-7. À entrada para esta jornada o SC Torres partia na 1.ª posição, com duas vitórias, encontrando uma equipa muito forte e experiente, com uma grande vontade de manter essa invencibilidade. O Santiago entrou em campo muito concentrado e motivado e com poucos minutos de jogo, João Chalupa remata do meio do campo ao ângulo superior esquerdo da baliza do SC Torres inaugurando o marcador. Estava feito o 0-1 para a equipa forasteira. Um minuto depois, novamente João Chalupa numa transição rápida pelo lado esquerdo do campo, passa por trás da baliza do adversário e ao segundo poste coloca a bola por baixo das pernas do guarda-redes da casa fazendo o 0-2. Poucos minutos depois, o HC Santiago faz uma falta dentro da sua área sobre um jogador da equipa adversária, sendo marcado penalti e David Chalupa remata certeiro para o fundo da baliza, reduzindo para 1-2. Aos 17 minutos de jogo, o SC Torres faz uma falta para azul, e João Chalupa não falha o livre direto fazendo assim o 1-3 para o Santiago, mostrando que a equipa comandada por Gonçalo Silva não estava ali para perder. Numa jogada de ataque da equipa de Torres Vedras, o HC Santiago vê o árbitro assinalar mais um penalti, após a bola embater no patim de João Chalupa dentro da área. David Chalupa novamente a bater o penalti e a não falhar, volta a reduzir o marcador para 2-3, vindo este a marcar mais um penalti, após uma falta do guarda-redes Patrocínio Pacheco expulso com azul direto, igualando o resultado em 3-3, resultado este que durou até ao fim da primeira parte. Depois de uma primeira parte, que mais pareceu um duelo familiar na parte ofensiva, com 6 golos marcados pelos primos Chalupa, 3 para cada lado, a equipa da casa entrou muito forte ofensivamente, mas encontrou pela frente uma equipa muito bem organizada na defesa e um João de Matos (Gr) pronto para defender tudo e mais alguma coisa. A chegada da 10ª falta a favor do Santiago trás um livre direto desperdiçado por João Chalupa. Com o jogo a poder cair para um lado ou para o outro, Fábio Santos num contra-ataque, remata de fora da área e faz o 3-4. Passado poucos minutos, Henrique Pereira remata cruzado, e na recarga Fábio Santos bisa assim na partida, fazendo “hat-trick” logo a seguir na marcação de um livre direto fazendo assim o 3-5 e 3-6. Com a equipa de Torres Vedras a nunca baixar os braços, João Chalupa fecha as contas marcando o 3-7 num contra-ataque, a pouco mais de um minuto para o final da partida, acabando assim com as esperanças da equipa da casa.

Resultados

Classificação