a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

FC Alverca termina com ...

segunda , maio 23 2022
117

Tiago Almeida deve ...

segunda , maio 23 2022
83

Play- Off – Resumo do SC ...

segunda , maio 23 2022
40

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
61973

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
30705

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
24910

João Souto vai reforçar ...

segunda , Jul. 23 2018
1109

3.ª Div. Norte B: HC ...

terça , Jan. 24 2017
1732

AD Valongo é campeã ...

quinta , maio 23 2019
1939

ventosaterapia

2.ªdivisão-sul-antevisãoZona Sul

Inicia-se no próximo dia 20 de Setembro (Sábado) o campeonato nacional da segunda divisão.
Serão quinze, as equipas que até 30 de Maio próximo vão lutar jornada a jornada pela melhor classificação. O primeiro classificado terá o bónus de entrar na elite nacional do HP enquanto os últimos três classificados serão penalizados com a descida de divisão.
Nesta Zona Sul, SC Tomar, AD Oeiras, AE Física e HC Sintra partem como os grandes favoritos à subida. Com planteis onde moram jogadores experientes, de qualidade e habituados aos melhores palcos nacionais, estas equipas tem argumentos, à partida para se guindarem aos primeiros lugares.
Na segunda linha, e seguindo um pouco as movimentações no defeso, assim como as prestações destas formações na pré-época, o BIR, SL Benfica “B”, Nafarros, S Alenquer B e União FE serão, na nossa opinião as sombras dos pretensos “candidatos”, e será certamente nestas equipas que a balança cairá para um lado ou para o outro.
O GD Sesimbra, AJ Salesiana, Marítimo SC, HCP Grândola, HC Vasco da Gama, A Alcobacense CD, irão completar o pelotão com as equipas imediatamente acima. Será a luta da sobrevivência na fuga à descida de divisão.

AD Oeiras – Marítimo
O grande candidato, AD Oeiras recebe os insulares do Marítimo SC que neste defeso viu sair os dois melhores marcadores da equipa. A formação açoriana terá que se suplantar para ultrapassar o conjunto de Carlos Pires que jogará privada de Tiago Gouveia, um dos esteios da defesa do Oeiras.
HCP Grândola – HC Sintra
A equipa da “Vila Morena” que penou na temporada passada até quase ao final, recebe no seu reduto o segundo classificado da temporada anterior, e que esteve na luta pela subida até ao fim. Com algumas alterações no seu seio, com saídas de alguns jogadores, ainda assim a formação de Sintra conseguiu reforçar-se e perante os resultados da pré-epoca deixa a ideia der ser uma das melhores formações deste nacional.
Alcobacense CD – HC Vasco da Gama
Jogo de tripla, este que se vai realizar no Municipal de Alcobaça. A equipa do Alcobacense que viu sair alguns dos titulares da época passada parece-nos mais fragilizada. Só o decorrer da temporada é que nos vai confirmar, ou não essa ideia. Quanto ao vasco da Gama mantem praticamente a mesma equipa com que subiu de divisão e é uma das que vai ter que sofrer para garantir um lugar de segurança na prova.
União FE – SC Tomar
Jogo entre ribatejanos e vizinhos. Favoritismo claro para a equipa tomarense que é uma das sérias candidatas à subida. Mas o “Albano Mateus” pelas suas dimensões poderá ser um entrave à equipa nabantina, que a somar a isso vai ter pela frente um conjunto moralizado com as exibições da pré-época.
AE Física – AJ Salesiana
O Física depois de alguns anos a jogar ao mais alto nível, desceu ao escalão secundário mas ainda assim é uma das equipas de topo desta zona sul. Recebe no seu reduto a AJ Salesiana que viu sair elementos importantes na equipa da época transacta. Uma incógnita este conjunto de Luís Costa Duarte, mas o favoritismo, na nossa óptica vai para o conjunto de André Gil.
GD Sesimbra – UD Nafarros
Curiosidade para ver como será o confronto entre estas duas equipas. O Nafarros que subiu esta temporada à 2.ª Divisão, reforçou-se com jogadores experientes, e poderá ser uma das boas surpresas no campeonato.
Quanto ao Sesimbra, mantem praticamente a mesma equipa, e tem na sua atitude e garra em rinque uma das grandes armas. A poucos dias de iniciar a prova recebeu o Tigres de Almeirim da 1.ª Divisão e goleou a formação ribatejana. Um tónico certamente importante para a moral dos sesimbrenses.
SL Benfica “B” – BIR
Um dos jogos certamente mais importantes desta jornada inaugural. O Benfica que se sagrou campeão nacional da 3.ª divisão e composta por atletas maioritariamente juniores, não deixa no entanto de ser uma das formações mais fortes deste nacional. Quanto ao BIR, reforçou-se e bem com a entrada de jogadores que vem da 1.ª divisão e que vieram acrescentar muita qualidade à equipa de João Sousa. Embate interessante aquele que vai acontecer no próximo Sábado a partir das 20 horas no Fidelidade.