a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

APL C.R.SUB 20

O passado domingo marcou a última jornada da primeira fase do regional de Lisboa que tem a participar na prova 27 equipas, e que apurará, em princípio 11 delas ao nacional da categoria.
Mas foi neste escalão que se viveram as maiores dúvidas à entrada desta ronda com várias equipas a poderem ainda ocupar o primeiro lugar e até ficar de fora dos grupos que apuram directamente ao nacional.
Se na série A ACR Santa Cita e Águias já tinham garantido os dois primeiros lugares, havia no entanto a dúvida, pequena é certo, de saber se o Santa Cita perderia algum ponto nesta ronda. Não aconteceu e a formação de Santa Cita a terminar na primeira posição, e a garantir a sua presença no grupo que irá disputar o título regional.
Na Série B é que havia duvidas e muitas, porque eram três equipas, a poderem ocupar a primeira posição ou ficar em terceiro lugar. O Paço de Arcos recebeu o Oeiras com o resultado final a saldar-se por um triunfo do Paço Arcos por 5-4, enquanto o S Alenquer B recebia a formação do Tigres e goleava por 13-1. Oeiras, S Alenquer B e Paço de Arcos a terminarem todas com os mesmos pontos, com igualdade pontual nos jogos disputados entre eles, mas com a formação de Paço de Arcos a ser a equipa penalizada por ter a pior diferença entre golos marcados e sofridos no cômputo da prova. O Oeiras (63 GM-27 GS) com mais 36 golos, o S Alenquer B (66 GM- 38 GS), mais 28 golos e por fim o Paço Arcos (52 GM- 28 GS), mais 24 golos. De referir que a partida entre o Alenquer o Tigres que se deveria ter realizado em Almeirim, acabou por ser jogada no Pavilhão do Alenquer, por indisponibilidade de Pavilhão por parte da formação ribatejana. Se à entrada desta jornada a equipa do Paço de Arcos tinha um diferencial de 23 golos contra os 16 que a formação de Alenquer apresentava, o triunfo por 13-1 da equipa da Vila Presépio acabaria por anular essa diferença e ficar mesmo com mais 4 golos sobre a equipa da linha e garantir assim a segunda posição do grupo e a relegar o Paço de Arcos para a Série “H” (do 11.º ao 15.º lugar), onde terá que forçosamente ficar na primeira posição para garantir a ultima vaga para o nacional.
Já na série C e a exemplo da série A, se Sporting CP e HC Sintra já tinham garantido a passagem ao nacional, subsistiam no entanto dúvidas de quem terminaria na primeira posição. O embate entre as duas equipas deu-se na ultima jornada no Pavilhão “Monte Santos”, com o empate a 3 bolas a ser o resultado final. Empatadas na classificação e no confronto directo, seria o Sporting CP a terminar no primeiro lugar pela melhor diferença entre golos marcados e sofridos.
A única série onde não houve problemas com “contas” foi a série D com o Benfica a vencer folgadamente esta série e o Grândola a garantir também cedo a segunda posição.
Por fim na série E Parede FC e AE Física D a terminarem em igualdade pontual, mas com a equipa da linha a garantir a primeira posição por ser ter superiorizado no confronto directo com a equipa de Torres Vedras.
Assim, ACR Santa Cita, AD Oeiras, Sporting CP, SL Benfica e Parede FC , irão lutar pelo ceptro regional que é pertença do SL Benfica, que soma já três campeonatos seguidos e quer tentar o Tetra.
Aliás, a equipa orientada por Jorge Godinho, foi a equipa mais concretizadora nesta fase ao apontar 192 golos nos jogos realizados. A melhor defesa nesta fase pertenceu ao Parede FC com apenas 14 sofridos.
Deixamos aqui as séries que irão disputar a classificação final deste regional e que tem inicio no próximo dia 31 de Novembro.

Série “F” – 1.º ao 5.º Lugar
ACR Santa Cita, AD Oeiras, Sporting CP, SL Benfica e Parede FC

Série “G” – 6.º ao 10.º Lugar
CRC Águias, S Alenquer B, HC Sintra, HCP Grândola e AE Física D

Série “H” – 11.º ao 15.º Lugar
HC Turquel, CD Paço Arcos, CACO, AJ Salesiana- A e GDS Cascais

Série “I” – 16.º ao 21.º Lugar
SC Tomar, HC Tigres, SC Torres, FC Alverca, UDC Nafarros e A Alcobacense CD

Série “J” – 22.º ao 27.º Lugar
União FE, Stuart Massamá, UD Vilafranquense, AJ Salesiana- B, SC Marinhense e CN Setubalense

workshops para rodapé Noticias ExtensãodeCabelo

APL C.R.SUB 17

Terminou no passado fim de semana a primeira fase do regional de Sub-17, com o ACR Santa Cita, BIR, SL Benfica, HC Sintra e Sporting CP a serem os vencedores dos respectivos grupos e a apurarem-se para a série “F” onde se disputará o titulo de campeão regional da categoria esta temporada.
Foi preciso chegar à ultima jornada para se definir os vencedores de algumas das séries.
Se na série “A” ao Santa Cita bastava-lhe a vitória, já na série “B” tudo se decidia em Valado de Frades entre o BIR e o C Tomar- A. A equipa tomarense entrava nesta jornada à frente com mais um ponto, mas a formação do Concelho da Nazaré a superiorizar-se na partida e a vencer por 3-2,conquistando, não só o direito de estar presente no grupo de elite, como também garantir a presença no nacional da categoria.
Na Série “C”, tudo tranquilo com o SL Benfica desde cedo a garantir a liderança. Quanto à Série “D” pese a derrota do Sintra na ultima jornada, o seu lugar no comando da classificação estava já garantido, assim como ao Sporting CP que foi o vencedor da série “E”, deste escalão a uma jornada do final desta fase.
Destaques neste fase da prova para o SL Benfica que somou vitórias nas partidas realizadas, com o Sporting CP a ser a par dos encarnados a outra formação sem derrotas, mas netse caso a averbar dois empates nos jogos realizados. No que toca à equipa mais concretizadora e a que menos golos, sofreu nesta fase, coube ao SC Tomar- A com 140 GM e apenas 10 GS, equipa que terminou na segunda posição da Série B.
Neste escalão deverão ser apuradas 9 equipas. Para além das cinco que vão disputar o título regional e que estão já com lugar garantido no nacional, as outras quatro sairão da série “G”. As equipas que vão disputar esta série são o HC Turquel, SC Tomar, CD Paço Arcos, S Alenquer B e AD Oeiras. Uma série onde a ultima classificada será a excluída do nacional.
A segunda fase terá inicio a 28 de Novembro com a ultima rondada prova a realizar-se a 30 de Janeiro do próximo ano.
Deixamos aqui as séries desta 2.ª Fase do Campeonato Regional

Série “F” – 1.º ao 5.º Lugar
ACR Santa Cita, BIR, SL Benfica, HC Sintra e Sporting CP

Série “G” – 6.º ao 10.º Lugar
HC Turquel, SC Tomar- A, CD Paço Arcos, S Alenquer B e AD Oeiras

Série “H” – 11.º ao 15.º Lugar
SC Tomar- B, J. Ouriense, AE Física D, AJ Salesiana- B e SC Torres

Série “I” – 16.º ao 21.º Lugar
União FE, GCC Corujas, AAPP Rollersky, AC Tojal, Parede FC e Stuart Massamá

Série “J” – 22.º ao 27.º Lugar
HC Santarém, SC Marinhense, AJ Salesiana- A, CACO, HC Caldas e UDC Nafarros

workshops para rodapé Noticias DepilaçãoaLinha

APL C.R.SUB 15

Depois de pouco mais de dois meses de competição, terminou no passado domingo a primeira fase do regional de Sub-15, onde 26 equipas lutaram pela melhor posição nos respectivos grupos.
SC Tomar- A, HC Turquel- B, CD Paço de Arcos- A, Sporting CP- A e SL Benfica foram os vencedores dos respectivos grupos e garantiram já a sua presença no nacional da categoria. Agora resta saber qual destes emblemas conseguirá levantar o Ceptro de Campeão Regional esta temporada.
Das equipas participantes, destaque para o HC Turquel- B, CD Paço Arcos, Sporting CP- A e SL Benfica, que somaram por vitórias as partidas realizadas. Para além destas, também o SC Tomar-A, terminou sem qualquer derrota, embora tenha averbado um empate nesta fase. Outra referência a destacar é o ataque da equipa do SL Benfica que apontou 116 golos, e a defesa do CD Paço Arcos que apenas permitiu dois golos aos seus adversários. 
Segundo as contas oficiosas, deste Regional de Lisboa, e onde competem equipas das associações de Leiria e Ribatejo, deverão ser apuradas 9 clubes. Com tal, para além das cinco que irão compor a Série “F”, e que vão disputar do 1.º ao 5.º lugar, serão as melhores quatro classificadas da futura série “G” que vão disputar a montra do nacional desta categoria.

Mas nesta segunda fase, existe uma novidade. Foram incluidas mais duas equipas que não competiram na primeira fase (CD Paço Arcos- B e HC Lourinhã) que irão ficar incluidas na Série "J" (a ultima série e que classifica do 23.º ao 28.º lugar).
Nesta série “G” estão incluídos os segundos classificados que são a ACR Águias, AD Oeiras, AJ Salesiana- A, GDS Cascais e SC Torres. Daqui, como dissemos apurar-se-ão as quatro melhores classificadas para o Nacional.
A partir de 29 de Novembro até 31 de Janeiro, ficaremos a saber quem terá “pedal” para chegar mais longe, não só a equipa que inscreverá o seu nome na lista de vencedores deste campeonato alfacinha como também as três melhores formações a estarem na montra maior deste escalão.
Fica aqui a lista das séries que vão disputar a fase final deste Regional

Série “F” – 1.º ao 5.º Lugar
SC Tomar- A, HC Turquel- B, CD Paço de Arcos- A, Sporting CP- A e SL Benfica

Série “G” – 6.º ao 10.º Lugar
ACR Águias, AD Oeiras, AJ Salesiana- A, GDS Cascais e SC Torres

Série “H” –11.º ao 16.º Lugar
HC Turquel- A, A Stuart Massamá- B, AE Física D, HC Sintra, S Alenquer B e Parede FC

Série “I” – 17.º ao 22.º Lugar
 AAPP Rollersky, APAC Tojal, ACR Santa Cita, Sporting CP- B, SC Tomar- B e UDC Nafarros

Série “J” – 23.º ao 28.º Lugar
A Stuart Massamá- A, BIR, FC Alverca, UD Vilafranquense, CD Paço Arcos- B e HC Lourinhã    

workshops para rodapé Noticias AutoManicura

APL C.R.SUB 13

Terminou no passado sábado a primeira fase do Regional de Lisboa, que tem a participação de 33 equipas, relativas às associações de Leiria, ribatejo e Lisboa.
HC Turquel-B, ACR Santa Cita, CD Paço Arcos- A, SL Benfica, S Alenquer B e HC Sintra, foram as vencedoras dos respectivos grupos, estando apuradas para integrar a Série “G”, grupo que definirá o campeão regional da categoria para a época 2015-2016. Poucas eram as dúvidas sobre quem integraria esta série que apurará do 1.º ao 6.º classificado, e que ficam automaticamente apuradas para o nacional da categoria.
As equipas que ficaram nos segundos lugares das 6 séries que compuseram esta fase irão discutir a classificação do 7.º ao 12.º lugar, com as primeiras três classificadas a ficarem apuradas para o nacional da categoria, se as contas que fizemos estiverem certas.
HC Santarém, SC Tomar- A, Sporting CP- A, GDS Cascais- A, CD Paço Arcos- B e Parede FC- A, são as equipas que irão disputar a série “H”, e de onde três delas se apurarão para o nacional.
A titulo de curiosidade, o HC Sintra foi a formação mais concretizadora com 94 golos apontados, o SL Benfica a equipa com menos golos sofridos, apenas 4, numa fase onde o HC Turquel- B e o SL Benfica fizeram o pleno nesta primeira fase, somando por vitórias as partidas realizadas. Em plano de destaque, sem derrotas, mas com pontos no entanto perdidos, apenas duas equipas, a ACR Santa Cita na série B e o HC Sintra na Série F, ambas cum um empate no pecúlio.
Agora resta esperar pelo próximo dia 28 Novembro, data que marca o início da segunda fase que decorrerá até 30 de Janeiro do próximo ano, para se saber quem será a equipa que escreverá o seu nome no historial da prova como campeão regional, assim como ficarmos a saber também quais as 3 equipas que acompanharão as formações da série “G” no nacional de Sub-13.
A próxima fase ficará assim definida

Série “G” (1.º ao 6.º Lugar)
HC Turquel-B, ACR Santa Cita, CD Paço Arcos- A, SL Benfica, S Alenquer B e HC Sintra

Série “H” (7.º ao 12.º Lugar)
HC Santarém, SC Tomar- A, Sporting CP- A, GDS Cascais- A, CD Paço Arcos- B e Parede FC- A

Série “I” (13.º ao 18.º Lugar)
GCC "Os Corujas", União FE, HC Lourinhã, UD Vilafranquense, AE Física D e AAPP Rollersky

Série “J” (19.º ao 23.º Lugar)
HC Turquel- A, HC Sintra- B, AJ Salesiana, AD Oeiras e SC Torres

Série “K” (24.º ao 28.º Lugar)
J. Ouriense, FC Alverca, AC Tojal, Sporting CP- B e A Stuart HC Massamá- A

Série “L” (29.º ao 33.º Lugar)
A Alcobacense CD, HC Tigres, UDC Nafarros, A Stuart HC Massamá- B, S Alenquer B- B

workshops para rodapé Noticias NailArt

APL C.R.SUB 20

Disputou-se no passado fim de semana a penúltima jornada do regional de Sub-20 ainda com algumas situações para resolver. O SL Benfica é a única equipa a ter garantido primeiro lugar, a uma jornada do final desta fase. Nas outras séries tudo em aberto até ao último minuto do próximo domingo.
Na Série A, a única certeza que existe é o apuramento da formação do Santa Cita, independentemente do resultado que se verifique na última jornada. No passado domingo a equipa de Santa Cita venceu o Alcobacense por 4-0 o mesmo acontecendo com o HC Turquel sobre o SC Tomar por 9-3 e do Águias sobre o Marinhense por 5-2.
Na ultima ronda o Turquel visita o Alcobacense, o Santa Cita joga na Embra e o Águias visita o SC Tomar, com as equipas forasteiras a partirem como favoritas nos referidos encontros. A vencerem os respectivos jogos, passará Santa Cita e Águias nas duas primeiras posições garantindo assim a presença no nacional. Seguindo este raciocínio, o Turquel disputará a Série “H” (do 11.º ao 15.º lugar), podendo aspirar a ser melhor classificada do grupo que lhe dará a única vaga para o nacional, neste grupo.
Na série B as contas ainda são mais complexas. Oeiras, que segue isolada na liderança com 17 pontos, CD Paço Arcos e S Alenquer B, ambas com 14 podem terminar, qualquer delas na primeira posição, mas para isso acontecer há uma série de factores a ponderar. Nesta jornada o Paço de Arcos foi empatar a Alenquer a 6 bolas. Na próxima jornada o Paço de Arcos recebe o Oeiras num jogo que só a vitória lhe interessa, com o Alenquer a deslocar-se ao recinto do Tigres de Almeirim, one a formação visitante parte como favorita. Na eventualidade de o Paço de Arcos vencer, assim como o Alenquer, terminarão todos com 17 pontos e aí será na diferença de golos que se definirá as equipas que passarão nos dois primeiros lugares.
Na série C, se não existem dúvidas já sobre os dois primeiros classificados, o Sporting CP e o HC Sintra, o mesmo não se pode dizer sobre quem vencerá o grupo, entram para a ultima jornada empatadas em termos pontuais (25 pontos), mas a partida entre o HC Sintra e o Sporting CP a realizar no próximo domingo no Pavilhão “Monte Santos”, é que decidirá. Na primeira volta registou-se um empate a 4 bolas. Ao Sporting CP um empate serve se consideramos que o factor de desempate nesta situação será a diferença de golos marcados e sofridos e aí os leões tem vantagem.
O Benfica é o líder destacado da série D, somando por triunfos os jogos realizados, e tendo ainda a particularidade de ter o ataque mais concretizador da prova, e provavelmente a nível nacional neste escalão (192 GM). Quanto ao segundo classificado, também não há dúvidas, com o HCP Grândola a ter esse lugar assegurado, assim como, por via disso, a sua presença no nacional, garantida.
Por fim na série F AE Física D e Parede FC, com as suas presenças no nacional já garantidas, entram na ultima ronda empatadas na classificação, e será o jogo entre o Parede FC e a Física referente à 9.ª jornada adiada para o próximo dia 14 de Novembro que definirá quem terminará no primeiro lugar e ter assim acesso ao grupo que disputará o título regional da categoria.

Resultados / Classificação Geral

workshops para rodapé Noticias AutoManicura