a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

3.ª D- Série C- ...

Terça-feira , Jan 31 2023
3

3.ª D. Série B- CP ...

Terça-feira , Jan 31 2023
5

Liga Placard- Resumo CD ...

Terça-feira , Jan 31 2023
7

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62971

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31829

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25816

Nafarros- Pedro Ferreira ...

Segunda-feira , Ago 15 2016
1765

Dragão faminto sem ...

Sábado , Nov 14 2015
1882

Sorteio da Taça do Rei ...

Quinta-feira , Jan 28 2016
1831

4 Tec Massagem 27 Fev

20220801 4r7a7047

A equipa do Sporting Clube de Portugal recebe, este domingo, o líder OC Barcelos na oitava jornada da fase regular do Campeonato Nacional. E apenas um ponto separa os dois emblemas neste arranque de época.

Em declarações aos meios de comunicação Leoninos, Alejandro Domínguez, treinador verde e branco, começou por enaltecer a mudança de 'chip' conseguida pelos seus jogadores após o Mundial, destacando que tem sido "muito boa" em termos de resultados - com duas vitórias em outros tantos jogos - e "melhor ainda no que toca à atitude".

"Este era um modelo que estava em fase embrionária, mas estou muito contente com o empenho da equipa", começou por dizer, salientando que agora segue-se "um grande desafio".

O OC Barcelos chega ao Pavilhão João Rocha invicto e como líder do campeonato com 19 pontos e vindo de dois resultados positivos: vitória na recepção ao SL Benfica (3-2) e empate no Dragão Arena. "Confirma-se que é um rival que aspira a tudo. É um jogo muito aliciante para todos, porque queremos estar no seu lugar e queremos impor-lhes essa primeira derrota", traçou o técnico argentino dos Leões, antes de perspectivar o duelo em pista entre as duas formações.

"Acho que será um jogo frente a uma defesa com um bloco muito sólido e baixo e com muitas opções no um-contra-um. Nós não temos nada a esconder, somos uma equipa que defende a 40 metros, muito altos, agressivos e com um ataque muito directo", sublinhou, acrescentando: "Não vamos mudar o nosso guião e tentaremos, com essas ferramentas, ganhar o jogo".

Ora, outro factor que pode fazer a diferença é o apoio dos Sportinguistas na casa das modalidades. "Parece um cliché, mas é uma grande realidade", disse Alejando Domínguez, continuando: "Vi aqui o clássico de andebol e fiquei todo arrepiado, o pavilhão estava incrível. Oxalá possamos ter um apoio assim, seria como ter uma vantagem de um ou dois golos, seguramente".

Fonte/Foto- Sporting CP

4 11 Barbeiro Profissional