a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Nuno Lopes- ...

Domingo , Mai 15 2022
44

João Pinto lança final- ...

Domingo , Mai 15 2022
29

Trissino junta-se ao ...

Domingo , Mai 15 2022
20

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61954

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30668

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
24884

1.ª D- Tudo na mesma ...

Segunda-feira , Abr 24 2017
1473

ERG Iserlohn deixa fugir ...

Quarta-feira , Mar 11 2015
1941

CN Sub13 Norte disputou ...

Terça-feira , Mai 09 2017
1639

ventosaterapia

isa 1924

A equipa feminina de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal garantiu, este sábado, a passagem à final do play-off do Campeonato Nacional ao voltar a vencer a AD Sanjoanense, desta vez por 3-1 no segundo jogo das meias-finais.

Com Cláudia Vicente, Inês Arrais, Margarida Florêncio, Ana Catarina Ferreira e Rute Lopes no cinco inicial, o controlo da partida pertenceu às Leoas, que dominavam a posse de bola e tentavam criar de forma paciente, mas dinâmica. Margarida Florêncio abriu com uma boa oportunidade, mas o desvio não evitou a guardiã adversária.

Quando a AD Sanjoanense "cheirou" o golo, as Leoas não perdoariam, pouco depois dos dez minutos jogados. Depois de uma recuperação em zona alta, Sofia Moncóvio brilhou no lance individual: conduziu para dentro, picou e, sem deixar cair, atirou de forma certeira para o fundo das redes.

De longe, Cláudia Vicente, guarda-redes do Sporting CP, também foi posta à prova, mas era a turma de Alvalade que estava mais perto de marcar. Ana Catarina Ferreira, capitã das Leoas, viu o ferro manter o 1-0, que seguiu para a segunda parte.

Logo a abrir o reatamento, o conjunto visitante ficou perto do empate, não fosse a intervenção providencial da atenta guardiã verde e branca. A resposta Leonina não podia ter sido melhor e Rita Lopes apontou o 2-0 com classe.

Com o desenrolar dos minutos, o jogo ficou mais partido, sucediam-se os contra-ataques, mas faltou eficácia às duas equipas. O Sporting CP sentia mais dificuldades para baixar o ritmo do encontro, enquanto a AD Sanjoanense fazia tudo para reentrar na discussão da partida. Nos últimos cinco minutos, porém, as Leoas reajustaram a sua abordagem, conseguiram somar posses mais longas e chegaram ao 3-0, através de Margarida Florêncio.

Antes do fim, Maria Ferreira, capitã das visitantes, ainda reduziu a diferença (3-1) através de uma bola parada, mas o passaporte Leonino para a final já estava carimbado.

Fonte/Foto- Sporting CP

14