a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Oliveirense abriu a ...

Segunda-feira , Ago 02 2021
71

“Janeka” vai reforçar o ...

Segunda-feira , Ago 02 2021
238

Pedro Almeida é o novo ...

Segunda-feira , Ago 02 2021
162

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
60566

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
28629

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22959

II D - Fão complica, ...

Domingo , Abr 08 2018
854

AP Minho 15ª convocatória

Sexta-feira , Fev 16 2018
870

3.ª D- Centro- Ouriense ...

Domingo , Out 18 2015
1702

05 Barbeiro Completo

hoq2

O Sporting CP igualou a final (segunda partida da final dos Play-Off) depois de ter vencido esta quinta feira no “João Rocha “o FC Porto por 6-3, num jogo onde ao intervalo perdia por 0-2.

A exibição do FC Porto na primeira parte do segundo clássico da série roçou a perfeição. Ainda não estavam decorridos cinco minutos quando Gonçalo Alves abriu o ativo num lance pleno de perseverança e categoria, que não deu hipóteses a Ângelo Girão. O Sporting, que pouco ou nada incomodou Xavier Malián ao longo da etapa inicial, viu o FC Porto aumentar para 2-0 a menos de dois minutos do intervalo, por intermédio do capitão Reinaldo García, que marcou mesmo de ângulo difícil.

A segunda metade teria uma história bem diferente, e teve um suspeito que acabou por ser determinante na “remontada” dos Leões. Gonzalo Romero, desbaratou, por assim dizer, a defesa azul e branca e assinou um “póquer” neste encontro.
Romero reduziu, corria sensivelmente o quinto minuto numa fase onde o FC Porto jogava em inferioridade numérica.

Um golo que catapultou a formação verde e branca para uma segunda parte de luxo, perante um Porto a mostrar-se permeável em termos defensivos, e a deixar uma imagem bem diferente daquela que mostrara no primeiro tempo.

O mesmo Gonzalo Romero, de longa distância, surpreendeu Xavier Malián e assinou o 2-2. Menos de um minuto depois, com muita sorte à mistura, Toni Pérez fez o 3-2 para os lisboetas literalmente sem querer.

Gonzalo Romero assinou o hat-trick, Toni Pérez bisou e, de repente, o Sporting chegou ao 5-2. Gonçalo Alves reduziu a diferença de livre direto, mas Alessandro Verona repôs os três golos de vantagem para os lisboetas e estabeleceu o 6-3 final no Pavilhão João Rocha.

O terceiro jogo da final está agendado para o próximo domingo, às 15h00 (FC Porto TV e Porto Canal), no Dragão Arena.

Fonte- FC Porto * Foto – Sporting CP (Arquivo)

4