a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

1.ª D- Resumo AD ...

Terça-feira , Dez 07 2021
14

Pedro Henriques- “Espero ...

Terça-feira , Dez 07 2021
15

FPP- Formação: Ética no ...

Terça-feira , Dez 07 2021
14

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61512

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
29999

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
24283

Alfredo Santos reforça ...

Quarta-feira , Ago 01 2018
1210

SC Tomar vence Juventude ...

Sábado , Dez 02 2017
1260

SC Marinhense vence na ...

Quarta-feira , Set 26 2018
1019

5 Barbeiro Completo

Terronia

194034399 180767590718493 4136860895704088879 n

Rafa projeta o clássico das “meias” do play-off de hóquei em patins, frente ao Benfica (quinta-feira, 15h00)
O acesso à final do campeonato de hóquei em patins joga-se esta quinta-feira no Dragão Arena (15h00, FC Porto TV/Porto Canal). Frente a frente estarão FC Porto e Benfica na derradeira partida de uma eliminatória empatada a dois. Na antecâmara do derradeiro embate das meias-finais, Rafa considera não existir “nada a esconder por nenhuma das partes”: “Temos de acreditar que, depois de muita gente nos ter dado como derrotados nesta eliminatória, vamos passar à final”. Para o 9 portista, vencer o quinto jogo da série “é só mais um passo rumo ao objetivo” de revalidar o título nacional.

Fortes sob pressão
“Nós tentamos sempre dar o nosso melhor. Já nos dois jogos em casa demos o nosso melhor, infelizmente não conseguimos ganhar nenhum, mas esta equipa nunca baixa os braços. É uma equipa à Porto, por assim dizer, e continuamos a fazer o nosso trabalho. Sabemos que as coisas estavam a ser bem feitas, porque os resultados obtidos no passado assim o diziam. Confiámos no que tínhamos vindo a fazer, como é óbvio estávamos sob uma pressão enorme, porque sabíamos que estávamos a um jogo de ir de férias, e não queríamos. Só nos restou unirmo-nos ainda mais, confiar no trabalho uns dos outros e, felizmente, tivemos a sorte de conseguir trazer novamente esta meia-final para o Dragão Arena.”

Rivais sem segredos
“O conhecimento que há entre as duas equipas, principalmente fruto dos último quatro jogos seguidos entre nós e o Benfica, acho que já não há nada a esconder por nenhuma das partes. Resta-nos fazer as coisas bem feitas, como fizemos nos dois jogos que ganhámos na Luz, e lutar com todas as forças, como temos vindo a fazer até agora. Temos de acreditar que, depois de muita gente nos ter dado como derrotados nesta eliminatória, vamos passar à final. Temos a perfeita noção de que isto só é mais um passo rumo ao objetivo final, que é sermos campeões nacionais. Sabemos que, mesmo ganhando na quinta-feira, ainda não ganhámos nada. Queremos estar na final, como é óbvio, mas o trabalho não irá ficar feito caso ganhemos o jogo.”

Veia goleadora é fruto do entrosamento
“O avançar da época, até pelo conhecimento que vamos tendo dos colegas, principalmente dos novos que entraram este ano, faz com que a dinâmica da equipa seja sempre melhor. Isso ajuda-nos individualmente, a elevarmos o nosso nível. Fico contente por poder ajudar o clube e a equipa nestes momentos, mas isso só faz sentido se o resultado final for aquele que todos esperamos. Vou continuar a trabalhar, tanto eu como os meus colegas, para poder melhorar individualmente mas, acima de tudo, para podermos crescer ainda mais como equipa e acabarmos este campeonato da melhor forma.”

Fonte/Foto- FC Porto

6