a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

16 Avos de Final da Taça ...

Segunda-feira , Jan 24 2022
25

2.ª Sul- AE Física D ...

Segunda-feira , Jan 24 2022
19

TP- Parede vence ...

Segunda-feira , Jan 24 2022
17

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61644

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30166

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
24458

TP- Águias seguem em ...

Domingo , Dez 19 2021
116

Tó Cruz (Juv. Pacense): ...

Sábado , Fev 18 2017
1537

Edo Bosch prepara nova ...

Sexta-feira , Jul 17 2020
928

3 Cabeleireiro Inicial

Terronia

isa 7543

Depois da conquista da Liga Europeia, a equipa principal de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal recebeu e venceu, neste sábado, o OC Barcelos por 4-3 no segundo jogo da meia-final dos play-offs do Campeonato Nacional. Numa discussão à melhor de cinco jogos, os Leões venceram os dois primeiros disputados no Pavilhão João Rocha, ficando a apenas um triunfo de atingir a final.

O Sporting CP entrou praticamente a ganhar: Romero embalou pela direita e atirou forte e cruzado para o golo inaugural com apenas 14 segundos decorridos. No lance seguinte, Verona ficou muito perto do segundo. Entrada autoritária e vantagem madrugadora no marcador

De forma objectiva na frente, a formação verde e branca finalizava todos os seus ataques e acumulava situações de golo, remetendo o OC Barcelos para a sua metade da pista. Ainda dentro dos primeiros cinco minutos de jogo, à boca da baliza, Telmo Pinto teve a melhor oportunidade, mas atirou ao poste.

O conjunto visitante cresceu e procurava fazer estragos através de rápidas transições, mas Girão começou a mostrar-se na baliza Leonina. Ritmo alto na partida e os constantes vaivéns de ambas as equipas faziam aumentar a incerteza. Depois de uma bola ao ferro, a equipa de Barcelos também não materializou um lance de superioridade numérica, travado pelo guardião do Sporting CP, que defenderia ainda uma stickada perigosa de José Pedro Pereira.

Os Leões tinham mais dificuldades em encontrar o caminho para o golo, enquanto Girão continuava a manter a sua baliza a zero com grande eficácia. A menos de cinco minutos do intervalo, Acevedo, guardião do OC Barcelos, brilhou ao defender o livre directo de Gonçalo Nunes e, do outro lado, Zé Diogo entrou e fez o mesmo a Tomás Pereira, seguindo o 1-0 para a segunda parte.

Mais golos só depois do intervalo e em grande quantidade. Tal como no início do primeiro tempo, o reatamento abriu com um golo madrugador do argentino Romero, contudo, em três minutos o OC Barcelos chegou ao 2-2.

De imediato, Telmo Pinto voltaria a colocar os Leões na frente e só Acevedo ia evitando o dilatar da vantagem verde e branca. Assim, quem viria a marcar seria novamente o conjunto de Barcelos, voltando a empatar a partida.

Tudo em aberto para os últimos dez minutos, onde Zé Diogo travaria um novo livre directo, e Joca Guimarães, para o OC Barcelos, e Romero, para o Sporting CP, stickaram ao ferro. O jogo podia cair para qualquer lado, mas o golo decisivo seria verde e branco: a cerca de um minuto do fim, Ferran Font concluiu da melhor forma uma jogada individual, fixando o 4-3 final.

Os dois emblemas voltam a defrontar-se no terceiro jogo, marcado para a próxima quarta-feira, às 20h00, em casa do OC Barcelos, onde os Leões podem garantir a passagem à final com um triunfo.

Fonte/Foto- Sporting CP

manicurepedicure cartaz