a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

2.ª- Sul- Parede abanou ...

Sexta-feira , Jun 11 2021
154

Nery assina pelo Riba ...

Sexta-feira , Jun 11 2021
523

2.ª Sul- Paços Arcos ...

Sexta-feira , Jun 11 2021
169

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
60350

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
28373

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22728

"Associação Desportiva ...

Quarta-feira , Out 10 2018
887

2.ª D- Leões vingam ...

Domingo , Jan 25 2015
1780

FPP- Seguros Desportivos

Sábado , Jan 09 2021
461

10

170277571 139658534829399 4644776869056412416 n

Declarações de Guillem Cabestany, treinador do FC Porto, após a derrota do FC Porto frente ao Sporting (4-3), na final da Liga Europeia.

Jogo
"Depois deste tipo de jogo é difícil fazer uma análise esclarecida. Sentimos que tínhamos a vitória muito perto e em nenhum momento estávamos a ser inferiores ao Sporting, pelo contrário. Senti a equipa superior em muitos momentos e poderíamos vencer este jogo".

Sporting CP
"Eles têm um estilo particular, são muito bons nesse estilo, conseguiram amarrar o jogo e aguentar quando estão no limite e nós, nesta competição, nos momentos importantes, não temos sorte".

Arbitragem
"Há decisões muito difíceis de tomar e decisões arbitrais que não nos ajudaram nada. Quando jogas este tipo de jogos tão igualados, com tanta tensão, um pequeno pormenor faz a diferença. Depois houve o meu erro no prolongamento, na troca do quinto jogador e um momento em que cometemos um erro tático".

Equipa
"Não posso apontar nada à equipa, este plantel é espetacular. Alguns deles terem chegado a duas ou três finais consecutivas, não nos vão dar nenhum prémio mas isso é significativo. O balneário está revoltado, mas chegar a três finais europeias, ganhando campeonatos ou perto disso. Estes jogadores mereciam mais ter ganhado esta taça".

Plantel
"Hoje senti que a equipa esteve melhor mentalmente do que nos três jogos anteriores, no prolongamento a perder e a criar ocasiões umas atrás de outras, até em inferioridade numérica. Não lhes posso pedir mais nada, só que tenhamos mais sorte na próxima final. Este grupo vai continuar a lutar por todos os títulos, ainda que agora fica bem dizer isto mas não serve de nada".

Fonte- Jornal “O Jogo” * Foto- José Carmo / Global Imagens

esteticistainicial cartaz