a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

O tributo de Hélder ...

Segunda-feira , Mar 01 2021
4

Resumo SL Benfica- UD ...

Segunda-feira , Mar 01 2021
9

Leoas sem piedade das ...

Segunda-feira , Mar 01 2021
57

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
60022

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27956

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22324

AA Coimbra- “Verão sobre ...

Quinta-feira , Abr 14 2016
1407

2.ª Div. Norte: 17.ª ...

Terça-feira , Mar 07 2017
1008

1.ª D- Goleada em apenas ...

Sábado , Abr 08 2017
1426

2 Barbeiro Março

joaopintolodi12

O português João Pinto integra o grupo de cinco membros da equipa do Lodi que não se conforma com a decisão da Direção de dispensá-los na sequência da suspensão e posterior cancelamento do campeonato, sem pagamento dos salários a partir de fevereiro, admitindo por isso recorrer a instâncias judiciais.
O grupo recorreu aos serviços jurídicos de um escritório de Milão para contestar a decisão do Lodi que, numa carta dirigida aos membros da equipa, informa da decisão de prescindir dos seus serviços, libertando-os sem pagamento de salários a partir de fevereiro devido à diminuição de receitas provocada pela pandemia.
«Jogadores e técnicos estão perfeitamente cientes de que o regime de desempenho desportivo na disciplina de hóquei em patins em Itália é o de uma ‘colaboração desportiva’, não de um contrato profissional, e que o pagamento da indemnização relevante está obviamente sujeito ao desempenho real, condição que infelizmente e ao arrepio de todos, não ocorreu desde março, por razões independentes da vontade do clube e dos seus associados», defendeu a Direção do Lodi ao Jornal “A Bola”, em sentido contrário ao entendimento dos jogadores.
Embora «a atividade tenha sido interrompida a 19 de fevereiro e declarada concluída em definitivo a 16 de abril», o clube recorda que «tem prestado assistência constante aos jogadores e técnicos», garantindo-lhes alojamento até 31 de maio.
Em meados deste mês, João Pinto deu conta de dificuldades no contacto com responsáveis da equipa, publicadas na última sexta-feira, mas resolvidas no intervalo.

Fonte/Foto – Jornal “A Bola) * Texto – Gabriela Melo/Jornal “A Bola”

2 Terça