a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Oliveirense mais forte ...

Quinta-feira , Fev 20 2020
42

Braga de volta aos ...

Quinta-feira , Fev 20 2020
40

Miguel Albuquerque- ...

Quinta-feira , Fev 20 2020
110

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58222

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26117

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20791

Três jogos de castigo a ...

Sexta-feira , Jan 16 2015
1577

OK Liga – “Barça- Liceo” ...

Quinta-feira , Jan 05 2017
973

Organização do Africano ...

Quinta-feira , Fev 14 2019
360

interioresCabeleireiro ESS Q

bandeiraetica

A Bandeira da Ética simboliza a certificação e promoção dos valores éticos no desporto.
Por cumprir os requisitos definidos pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, através do Plano Nacional de Ética no Desporto, a Federação de Patinagem de Portugal recebeu, no domingo 12 de janeiro, durante a Gala da Patinagem 2019, a Bandeira da Ética.
Esta atribuição confere à FPP uma marca de qualidade das suas iniciativas desportivas, que deve ser potenciada em todas as suas iniciativas através da promoção dos valores éticos no desporto:
O desporto como potente ferramenta de desenvolvimento humano e espaço privilegiado para a transmissão de valores éticos.
O potencial educativo e ético do desporto enquanto escola de vida é infindável.
A atividade desportiva deve ser desenvolvida em observância dos princípios da ética, da defesa do espírito desportivo, da verdade desportiva e da formação integral de todos os participantes.
A Ética Desportiva promove um desporto assente em valores e baseado no Fair-Play. Um desporto justo, leal, “limpo” e respeitador, combatendo as problemáticas associadas (Doping, Corrupção, Violência, Descriminação).
A Bandeira da Ética foi entregue ao Presidente da Federação de Patinagem de Portugal – Luís Sénica -, por Sua Excelência o Secretário de Estado da Juventude e Desporto – João Paulo Rebelo -, pelo Presidente do Instituto Português do Desporto e da Juventude – Vítor Pataco – e pelo Coordenador do Plano Nacional da Ética no Desporto – José Lima.

Fonte/Foto- FPP

4Quarta