SLB SCP

O Benfica anunciou que o Pavilhão da Luz foi interditado por dois jogos - no que à equipa de hóquei em patins diz respeito -, na sequência de um processo disciplinar aberto após os acontecimentos ocorridos no dérbi com o Sporting, no passado de 27 de janeiro. A decisão foi decretada pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Patinagem (FPP) e, embora as águias tenham garantido que vão recorrer, é certo que a receção ao Turquel este fim de semana irá ocorrer em casa emprestada, mais concretamente em Alverca.

Refira-se que o Benfica já tinha anteriormente recorrido para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) desta decisão, com a pena a ser então revogada. Porém, o CD da FPP recorreu para o Tribunal Administrativo que, de acordo com os encarnados, "julgou parcialmente procedente o recurso, deliberando, no entanto, que o processo disciplinar em causa poderia ser retomado". "Na sequência dessa sentença o CD da FPP proferiu a decisão de que o Benfica foi agora notificado, aplicando novamente ao clube a mesma pena de interdição de campo por dois jogos e o pagamento de uma multa (€ 1.160,00)", acrescentam as águias.
O processo disciplinar e consequente castigo ao Benfica deveu-se o comportamento incorreto dos seus adeptos junto ao banco do Sporting, que obrigou à interrupção do encontro e à intervenção policial para acalmar os ânimos.