a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

HC Fão quer regressar ao ...

Quarta-feira , Jul 08 2020
90

Carta Aberta do ...

Quarta-feira , Jul 08 2020
220

Jorge Nunes é o novo ...

Quarta-feira , Jul 08 2020
127

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58977

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26838

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21379

3.ª Div. Norte: OC ...

Segunda-feira , Mar 09 2015
1420

Nuno Resende ...

Terça-feira , Jan 20 2015
1829

Olá Mouriz promove ...

Quarta-feira , Jun 14 2017
1010

pluri unhas J

72211012 10157515891643490 1928100592580820992 o

A equipa do OC Barcelos iniciou a sua época com uma saída a um pavilhão sempre complicado, mas conseguiu sair de Turquel com os três pontos no bornal fruto de um jogo bem conseguido frente a um conjunto aguerrido e que até ao ultimo segundo não deu tréguas à formação minhota.
O reforço minhoto, “Tato” Ferruccio abriu o activo logo aos seis minutos, obrigando a equipa da casa a ir à procura do empate, mas seria o Barcelos a desperdiçar o seu segundo golo quando Miguel Rocha falhou na marcação de uma GP. Vasco Luís o capitão alvinegro poderia mesmo ter empatado mas também não conseguiu enganar Ricardo Silva aquando da marcação de uma GP e acabaria por ser o OC Barcelos, novamente por Ferruccio a aumentar para 2-0 a um minuto do intervalo.
Segunda parte intensa com oportunidades para os dois lados e foi mesmo o Turquel, com uma entrada forte e decidida a chegar ao empate. André Moreira reduz para 1-2 aos 4 minutos e pouco depois seria Zé Costa a empatar a 2 bolas, para gáudio do imenso público que se encontrava no Pavilhão e que praticamente o lotava.
No entanto a assertividade da formação do Minho acabou por ditar leis com “Alvarinho” a bisar e a colocar o placard em 2-4 aos 17 minutos de jogo.
Gonçalo Nunes a dois minutos do términus do encontro fechou a contagem ao fazer o 2-5, com que terminou a partida.
Triunfo justo da equipa orientada por Paulo Pereira frente a um Turquel que vendeu cara a derrota num jogo onde a maior capacidade finalizadora por parte do Barcelos acabou por ser decisiva no desfecho do jogo.

Foto- Página Oficial do HC Turquel

Domingo