a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Convocatória da AP Porto ...

Segunda-feira , Out 14 2019
118

CNF- Águias entram em ...

Segunda-feira , Out 14 2019
55

2.ª D- Sul- Tiago Jorge ...

Segunda-feira , Out 14 2019
263

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
57378

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
25318

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20208

Resumo Final Distrital ...

Segunda-feira , Fev 02 2015
1833

CCD Ancorense Sub13 ...

Quinta-feira , Jun 11 2015
1258

Nuno Ferreira apresentou ...

Segunda-feira , Mar 28 2016
1161

interioresinteriores

pz5d9369

Depois da derrota com o FC Porto no desempate por livres directos na final da Elite Cup, torneio de pré-temporada, Paulo Freitas admitiu que o segundo tempo foi melhor que o primeiro, mas assegurou que há aspectos positivos a retirar da participação no troféu que se realizou na Portimão Arena.
"É um torneio de um período pré-competitivo, mas não fugimos da responsabilidade do Clube que representamos e queríamos ganhar. Esta é a primeira coisa que tem de ser assumida. Faltou-nos, acima de tudo, uma primeira parte conseguida. Na primeira parte, o FC Porto foi melhor que nós, que fomos pouco intensos e dinâmicos. O resultado ao intervalo [0-0] acaba por ser benéfico para nós. A segunda parte foi completamente diferente, fomos superiores. Foi um jogo entre duas grandes equipas que se conhecem bem. No desempate por bolas paradas, caiu para o lado deles. Saímos daqui tristes porque não conquistámos o troféu, mas reforçados no processo e no que conseguimos fazer nos três dias em que aqui estivemos. Estamos preparados para a primeira competição da época [Taça Continental], que é no próximo fim-de-semana", disse o treinador da equipa Leonina de hóquei em patins em declarações ao Jornal Sporting.
Sobre a Taça Continental, prova que Paulo Freitas reforça que o Sporting CP está disputar "por mérito próprio por ter sido Campeão Europeu", o técnico garantiu que a atenção está na meia-final.
"O jogo mais importante é o da meia-final e estamos apenas focados nas dificuldades que o Hockey Sarzana nos vai causar. Depois, é a velha história: as finais não são para se jogar, mas sim para se ganhar. Apelo a todos os Sportinguistas que continuem a fazer o que têm feito. Que encham o Pavilhão João Rocha e que sejam o nosso sexto jogador", pediu.

Fonte/Foto- Sporting CP

Segunda Feira