a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Sub 23 do CRPF Lavra já ...

Terça-feira , Ago 20 2019
77

Alejandro Dominguez – “ ...

Terça-feira , Ago 20 2019
179

Juventude Ouriense quase ...

Terça-feira , Ago 20 2019
259

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
57129

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
25060

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20027

Beatriz Figueiredo ...

Domingo , Ago 23 2015
1462

Guillem Cabestany- “em ...

Domingo , Mai 13 2018
373

Inquérito ao jogo ...

Sexta-feira , Nov 17 2017
572

interioresinteriores

sporting perde em paco de arcos e deixa fugir oliveirense

O Sporting CP hipotecou as aspirações a vencer a edição 2018/2019 do campeonato nacional ao perder este sábado no “Casablanca” frente ao Paço Arcos por 6-5, em jogo que contou para a 25.ª jornada do nacional da categoria. A equipa treinada por Luís Duarte acabou por ser, certamente a “Besta Negra” dos leões já que na primeira volta vencera em pleno “João Rocha a formação leonina.

A formação de Paulo Freitas não começou bem a partida e sofreu um golo logo nos instantes iniciais apontado por Tomás Moreira, mas, passados apenas dois minutos, Ferran Font restabeleceu a igualdade. Tudo se complicaria para os Leões aos 11 minutos, momento em que Romero vê o cartão azul, deixando a equipa Leonina a jogar com menos um elemento. O adversário aproveitou a situação de inferioridade numérica e colocou-se novamente na frente do marcador, com Tomás Moreira a fazer o 2-1.
Numa primeira parte em que nada correu bem ao Clube de Alvalade, foi novamente o CD Paço de Arcos a chegar ao golo em duas ocasiões aos 19 e 22 minutos, primeiro por Tomás Moreira, que fazia aí o seu hat trick na partida e por Tiago Gouveia, com mais um jogador Leonino a ver o cartão azul pelo meio. Romero ainda reduziu, mas os Leões foram para os balneários a perder por 4-2.
O segundo tempo começou com um golo de Raul Marín, reduzindo assim para 4-3. O CD Paço de Arcos voltaria a distanciar-se pouco tempo depois, através da marcação de um penálti, e mais uma vez a ser Tomás Moreira a não perdoar na bola parada. O 6-3 da autoria de Paulo Jesus, chegaria quando faltavam cerca de 10 minutos para terminar a partida, que não acabou sem antes Toni Perèz e Pedro Gil (com a bola a sofrer um pequeno desvio), reduzirem para o resultado final, 6-5.

Fonte- Sporting CP

Noticias Domingo