a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Paulo Almeida- “Ainda ...

Sexta-feira , Mai 29 2020
11

Comunicado Conjunto das ...

Sexta-feira , Mai 29 2020
9

AD Sanjoanense começa a ...

Quinta-feira , Mai 28 2020
21

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58763

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26622

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21227

AP Aveiro promove Taça ...

Quinta-feira , Out 11 2018
549

FPP realizou os sorteios ...

Segunda-feira , Fev 08 2016
1293

Lúcio Morais dispensado ...

Sábado , Mai 14 2016
2340

pluri unhas J

ffvar

O presidente do Sporting, Frederico Varandas, esteve ao fim da tarde da passada sexta-feira no Pavilhão João Rocha, em Lisboa, a apresentar oficialmente a final-four da Liga Europeia de hóquei em patins, que naquele local vai ser disputada nos próximos dias 11 e 12 (sábado e domingo), entre Sporting, Benfica, FC Porto e Barcelona.
"Esta organização é uma demonstração da credibilidade e da competência que o Sporting hoje tem no desporto europeu", começou por afirmar Varandas, referindo em seguida que esta equipa leonina vai dar tudo para "homenagear o grupo que há 42 anos foi campeão europeu" com a camisola verde e branca e que, entre outros integrava nomes como Livramento, Xana ou Ramalhete. "A melhor equipa de todos os tempos", segundo assinalou o dirigente.
Também presente esteve Fernando Graça, presidente da World Skate Europe, que não fez cerimónias na hora dos prognósticos: "Gostava de ver uma final entre duas equipas portuguesas porque isso era sinal de que um clube português ganharia, o que é o meu desejo."
Desde que foi criada a Liga Europeia, em 1996/97, Portugal já acolheu seis vezes a final-four, tendo o Barcelona vencido três delas e o Benfica duas, uma no Pavilhão da Luz, diante da Oliveirense, e outra no Dragão Caixa, frente ao FC Porto.
O outro ceptro foi conquistado pelo Follonica, em Torres Novas, na única vitória italiana em 22 edições disputadas neste formato.
Além dos encarnados, também conquistaram títulos de campeões europeus o FC Porto, em 1985/86 e 1989/90, o Óquei de Barcelos, em 1990/91, e o Sporting, em 1976/77, numa hierarquia claramente dominada pelas equipas espanholas, que somam 45 triunfos, praticamente metade deles pelo Barcelona (22).
Nas últimas seis finais houve equipas portugueses em cinco delas, com duas vitórias lusas, ambas pelo Benfica.

Fonte/Foto – Jornal “O Jogo”

Noticias Quarta