a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Pol Manrubia- “Vamos ...

Segunda-feira , Jun 27 2022
5

Nuno Resende- “Vamos dar ...

Segunda-feira , Jun 27 2022
6

Ricardo Ares- “Foi um ...

Segunda-feira , Jun 27 2022
7

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62071

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30860

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25017

Agenda e Nomeações de 17 ...

Terça-feira , Abr 18 2017
2013

"CM Funchal instala novo ...

Domingo , Nov 05 2017
1565

3.º Torneio Cidade de ...

Quinta-feira , Nov 13 2014
2727

massagista inicial

re

Reinaldo Ventura vai continuar em Itália e Emanuel Garcia vai voltar à Serie A1. Juntam-se a Diogo Neves e Sérgio Silva e o Trissino aposta no quarteto luso para objetivos mais ambiciosos.

Reinaldo Ventura (Viareggio), Emanuel Garcia (Oliveirense), Diogo Neves (Bassano) e Sérgio Silva, técnico do Vercelli, vão ser a aposta do Trissino, que quer atingir voos mais altos em 2019/20. Eliminado nos quartos de final do play-off da Serie A1, o Trissino já planifica a próxima temporada e com um quarteto português para chegar mais longe, como aconteceu com o Lodi de Nuno Resende e Luís Querido, atual bicampeão.
Sérgio Silva (44 anos), antigo internacional (campeão mundial) que deixou Portugal depois de se sagrar campeão nacional pelo Benfica, em 2010/11, vai ser o técnico do Trissino, depois desta época, no Vercelli (11.º) ter assegurado a permanência.

Diogo Neves (25 anos), emprestado pelo Benfica ao Bassano (12.º), também é reforço do Trissino, que terá o condão de juntar de novo Reinaldo Ventura e Emanuel Garcia, dois avançados que fizeram parte do deca portista. Recorde-se que, em 2014/15, Reinaldo Ventura (40 anos) deixou o Dragão, onde esteve 24 anos e venceu 32 títulos, para jogar no Barcelos, onde conquistou a Taça CERS antes de rumar ao Viareggio; Emanuel Garcia, com 35 anos e 19 títulos, saiu do FC Porto em 2010/11, passou por Viareggio, Bassano e Igualada, tendo regressado a Portugal na qualidade de melhor marcador da Taça CERS, em 2017/18, para o Juventude de Viana, sendo atualmente jogador da Oliveirense. Oito anos depois, os avançados reencontram-se num desafio novo e para revolucionar um clube que não é campeão italiano desde 1978.

Fonte: Jornal O Jogo

Plurivalor IEmocional