a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Competições Europeias já ...

Sábado , Jun 06 2020
8

CD Paço Arcos “B” abdica ...

Sábado , Jun 06 2020
25

Tiago Amaral assinou ...

Sexta-feira , Jun 05 2020
99

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58803

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26652

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21252

Guillem Cabestany: ...

Sexta-feira , Out 13 2017
637

Vítor Hugo – “Este ano ...

Terça-feira , Out 23 2018
435

3.ª D- Sul – “Poker” de ...

Segunda-feira , Out 19 2015
1219

pluri unhas J

cabst

Treinador do FC Porto não ficou agradado com a exibição frente ao Juventude de Viana, isto apesar do triunfo. Já André Azevedo destacou as dificuldades causadas aos dragões.
O FC Porto venceu em casa o Juventude de Viana por 7-5 na jornada 15 do campeonato de hóquei em patins. Apesar do triunfo, Guillem Cabestany não se mostrou agradado com a exibição. Para o treinador dos dragões, só se salvou o resultado.
"Só podemos estar satisfeitos com o resultado e com mais nada; nem com os golos que sofremos, nem com a exibição, nem com a atitude em pista. Este resultado tem de nos fazer pensar, refletir muito. Se até agora perdemos finais, mas a equipa teve a atitude certa, agora foi ao contrário; estivemos desequilibrados e sem foco. Se há equipa que pode estar contente essa equipa será o Juventude de Viana", afirmou após o encontro no Dragão Caixa.
Já André Azevedo, treinador do Juventude de Viana, lamentou ter saído de pista sem pontos. "Não estamos satisfeitos porque perdemos pontos, mas estamos contentes com o crescimento da equipa e a recuperação extraordinária no campeonato. Jogar contra o FC Porto no Dragão é sempre difícil, porque é a equipa mais forte do campeonato, coletivamente, e não deixa ao adversário muita margem de sucesso. Interpretámos bem o jogo e causámos um alarido no FC Porto, obrigando-o a trabalhar muito", vincou.

Fonte/Foto- Jornal “O Jogo”