a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Protocolo do Sistema de ...

Quinta-feira , Ago 11 2022
44

Calendário da Elite Cup ...

Quinta-feira , Ago 11 2022
68

WSE Continental Cup será ...

Quarta-feira , Ago 10 2022
53

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62212

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31080

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25223

Camp. Nac. Norte - 4.ª ...

Segunda-feira , Mar 16 2015
1900

Tó Neves "Vamos jogar ...

Sexta-feira , Mai 05 2017
1218

2.ª D- Sintra impõem ...

Domingo , Out 28 2018
1355

Curso Unhas de Gel Profissional 25h ed

img 920x5182019 01 01 19 44 04 1489190

Novo treinador do Benfica tem um historial de vitórias por Espanha contra as Seleções Nacionais
O novo treinador do Benfica, Alejandro Domínguez, rendeu Pedro Nunes (técnico mais titulado na Luz) e é uma das novidades no hóquei em patins para este início de ano. A estreia do argentino (e também selecionador espanhol) pelas águias está agendada para o próximo dia 12, com o Juventude Viana. Agora à frente do Benfica, o treinador de 47 anos que tem com Portugal um historial de vitórias, no comando das seleções feminina e masculina de Espanha, com triunfos em Mundiais e Europeus.
Na verdade, foi à frente da seleção feminina espanhola que Alejandro Domínguez conquistou o primeiro título a Portugal. Aconteceu no Europeu de 2015, em Matera (Itália), quando venceu na final por 2-1. No ano seguinte, em Iquique, no Mundial do Chile, Portugal voltou a cair frente à seleção liderada pelo argentino, agora através de um golo de ouro (3-2), quando no final do prolongamento se registava um empate (2-2), num torneio em que a benfiquista Marlene Sousa foi eleita a melhor jogadora.
Ainda em 2016, Domínguez foi o escolhido para render o selecionador espanhol Quim Pauls para liderar a seleção masculina no Mundial da China, em Nanjing. E voltou a festejar a conquista do título à custa de Portugal, vencendo a Seleção Nacional por 5-4, após penáltis (3-3 no final do tempo regulamentar).
No ano seguinte (2017), em Saint-Omer (França) foi a Seleção Nacional de Sub-23 a cair ante a Espanha, na 2ª ronda da Taça Latina, por 9-4. O ciclo negativo do hóquei luso diante do novo técnico das águias concluiu-se em julho de 2018, quando na Corunha, na final do Europeu, Portugal perdeu o título, por 6-3.
Agora, Domínguez reencontra na Luz alguns do seus jogadores que se sagraram campeões, nomeadamente Jordi Adroher e Albert Casanovas, e vai ainda ‘cumprimentar’ os sportinguistas Ferran Font e Raul Marín. Para além de rever os seus compatriotas: Carlos Nicolía e Lucas Ordóñez, ambos do Benfica.

Fonte/Foto- Jornal “Record”