a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

3.ª D- Norte- Lavra não ...

Quarta-feira , Dez 11 2019
45

3.ª D- Centro- Termas de ...

Quarta-feira , Dez 11 2019
71

3.ª D- Sul- Marítimo ...

Quarta-feira , Dez 11 2019
55

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
57738

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
25642

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20413

SCM- Pedro Botas- ...

Quinta-feira , Abr 27 2017
1108

3.ª Div. Norte A: HC ...

Domingo , Nov 19 2017
1696

EuroS17: Italianos ...

Domingo , Set 06 2015
1055

interioresinteriores

48375512 756301771375105 345621511572291584 n

O SC Tomar voltou a somar mais um empate, (1-1),o quarto consecutivo, desta feita na receção ao Valongo em jogo que contou para a décima jornada do nacional da 1.ª divisão.
Jogo pautado pelo equilíbrio, embora com o SC Tomar a ter mais posse de bola, mas acima de tudo um confronto entre duas equipas que atravessam um mau momento na tabela classificativa, e isso refletiu-se neste encontro, com as duas formações a respeitarem-se em demasia e a privilegiar as defesas em detrimento dos ataques.
Dois conjuntos que temeram mais a derrota que uma eventual vitória, acabou por pautar o jogo nos cinquenta minutos da partida e onde os guarda redes acabaram por ser os elementos em maior evidência.
Foi o SC Tomar a ter a primeira grande oportunidade, na sequência de uma grande penalidade, mas João Sardo permitiu a defesa de Leonardo Pais.
Numa fase de ligeira ascendência do SC Tomar seria o Valongo a inaugura o marcador numa jogada de contra ataque com Pedro Mendes a dar o melhor seguimento à bola e a fazer 0-1, corria o minuto treze.
Seria já à entrada do último minuto do primeiro tempo que o SC tomar chegou ao empate, por Hernâni Diniz, na marcação de um LD. O Valongo poucos segundos depois dispôs de um LD após um Azul mostrado a Pedro Martins, mas Diogo Fernandes, chamado a converter não conseguiu enganar o guardião tomarense.
Segunda parte onde as formações primaram pela posse de bola e sempre à espreita de um erro contrário para poder surpreender.
Foi o SC Tomar que teve mais perto de poder ampliar o marcador, mas por isto ou por aquilo a bola teimosamente foi fugindo do destino.
Com o aproximar do términus do jogo, percebeu-se a preocupação das duas equipas em tentar congelar a bola, numa perspetiva, acima de tudo, de não serem surpreendidas.
Empate que acaba por se aceitar, num jogo entre dois conjuntos que tudo fizeram para não perder, e conseguiram o objetivo, falhando ambas, no entanto em termos atacantes, acabando por serem penalizadas, e terem assim que dividir os pontos.

Foto- Ricardo Rodrigues