a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

OC Barcelos derrota ...

Sábado , Dez 05 2020
109

Alejandro Domínguez- ...

Sexta-feira , Dez 04 2020
115

Girão- “Vamos ter de nos ...

Sexta-feira , Dez 04 2020
352

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
59664

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27603

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21985

Joana Santos e Raquel ...

Segunda-feira , Jul 10 2017
2314

Agenda e Nomeações de 13 ...

Terça-feira , Jun 12 2018
990

Nuno Ferreira apresentou ...

Segunda-feira , Mar 28 2016
1392

calendario Pluriform 4

46482609 719139225131884 4842488502828400640 n

O Pavilhão de Santa Cita recebeu este domingo a partida mais importante da 8.ª jornada da Zona C da 3.ª divisão, com a equipa ribatejana a empatar a 5 bolas frente ao FC Alverca.
Líder e sub-líder, frente a frente num jogo que se esperava tudo.
A equipa do Santa Cita que na ronda anterior empatara, frente ao seu vizinho de Ourém, entrava neste jogo com o fito de vencer e procurar ganhar distância ao seu adversário mais direto.
Entrada mais forte do Santa Cita que desperdiçou um LD logo ao quarto minuto, mas Paulo Marques aos 10 minutos dava vantagem à equipa da casa, dando então alguma justiça ao que se passava dentro de rinque.
O Alverca respondeu alguns minutos depois ao empatar por Renato Felício, corria o minuto 17. Esse golo galvanizou a formação de Pedro Nifo que no minuto seguinte ganhou vantagem no marcador por intermédio de Bernardo Reis. Mas foi sol de pouca dura porque a formação de Santa Cita voltou a assumir o risco e ganhou com isso, já que Tiago Barreiro empatou a partida aos 21 minutos e quase na ultima jogada da 1.ª parte, Gonçalo Favinha, numa jogada individual, surpreendeu a defesa contrária e colocou a equipa de Santa Cita a vencer por 3-2.
Uma segunda parte equilibrada, com as equipas a terem cuidados redobrados nas suas defesas, proporcionou boas jogadas de parte a parte e defesas atentas dos guardiões das duas formações.
No entanto a formação da casa logo ao inicio da etapa complementar aumentou a vantagem por intermédio de Favinha que colocou o placard em 4-2.
Com o correr dos minutos o FC Alverca foi se mostrando mais perigosa, e teve em Pierre Cyffers o seu elemento mais desequilibrador. E seria este jogador a reduzir para 4-3 aos 13 minutos. Gonçalo Favinha, na marcação de um LD (a castigar a 10.ª falta do FCA) faria o 5-3, mas os últimos minutos foram de maior pressão da formação de Alverca que viu premiada essa entrega com Luís Cebola e pouco depois Pierre Cyffers a chegarem ao empate a 5 bolas.
Até final, oportunidades para as duas equipas, com a bola a rondar perigosamente tanto a baliza de João Governo (do Santa Cita) e de Ricardo Ferreira (do FC Alverca) mas a bola teimosamente acabou por nunca entrar.
Resultado que acaba por se justificar, num jogo onde nenhuma das formações merecia perder.
Na próxima jornada o Santa Cita volta a jogar intramuros, desta feita frente à equipa “B” do S Alenquer B e o FC Alverca com deslocação até Torres Vedras onde defrontará o SC Torres, naquele que é certamente o jogo mais importante da 9.ª jornada desta zona “C”.