a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Hélder Nunes- “Vai haver ...

Terça-feira , Abr 07 2020
36

"Fazer flexões não é ...

Terça-feira , Abr 07 2020
82

GFR Murches num ato ...

Segunda-feira , Abr 06 2020
60

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58477

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26357

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20988

Cabestany: “Foi o nosso ...

Domingo , Nov 15 2015
1124

FC Porto 4-3 Sporting: ...

Domingo , Mai 21 2017
889

AP Minho quer vencer ...

Sexta-feira , Fev 13 2015
1524

interiorespluri unhas J

i apresentacao tigres

O HC “Os Tigres” estrearam-se no “Alfredo Bento Calado” no que toca ao nacional da 2.ª divisão na receção ao HCP Grândola, formação que desceu no defeso, mas mantem o grosso da equipa e é certamente uma das formações que vai lutar pelos lugares cimeiros.
Triunfo justo, mas suado dos pupilos de André Luís frente a uma equipa que até ao último segundo nunca deitou a toalha ao chão e lutou por somar pontos.
Jogo pautado pelo equilíbrio, e o resultado de 2-2 ao intervalo era reflexo disso mesmo.
“Tanaka” inaugurou o marcador, Xavier Lourenço faria o empate e seria novamente a equipa forasteira a ganhar vantagem (golo de António Pereira) mas ainda antes do Intervalo “Freddy” faria o empate.
O Tigres, chegaria à vantagem no inicio da etapa complementar por intermédio de Pulo Passos e aproveitando a embalagem Anderson Luís e pouco depois Filipe Bernardino colocaram o placard em 5-2, favorável ao conjunto de Almeirim.
Mas a equipa orientada por Cristiano Agulhas, não se rendeu e os últimos minutos foram de pressão sobre a defesa do Tigres, conseguindo reduzir para 5-4 (golos de “Tanaka” e José Gonçalves, faltavam então dois minutos para o términus do jogo.
O Tigres poderia ter “arrumado” a questão, mas Anderson Luis desperdiçou um LD, ainda assim com a formação da casa a segurar a magra vantagem até ao apito final.
Em declarações a O Almeirinense, André Luís reconheceu que “fizemos um jogo irregular, mas o resultado não espelha o que se passou em rinque, pois fomos superiores, quisemos sempre mais do que a equipa do Grândola e tivemos um caudal ofensivo muito grande, que acabou por não se traduzir nos golos devidos. Fomos mais uma vez empatados (2-2) para o intervalo, tal como em Campo de Ourique, e na segunda parte conseguimos uma vantagem de três golos (5-2) que nos permitiu ter uma boa almofada de conforto.
No entanto, a equipa almeirinense não soube “jogar com essa vantagem nos minutos finais do encontro, fomos egoístas, indisciplinados taticamente e até um pouco arrogantes, sofrendo o 5-3 a dois minutos do fim e o 5-4 a sete segundos do apito final. Poderíamos ter vencido com vantagem larga e acabámos, por culpa própria, a sofrer desnecessariamente.
O treinador diz ainda que “este foi um aviso para jogos futuros, mas assumo a responsabilidade, pois não coloquei as peças certas em rinque na parte final do jogo, ainda que o mais importante (os três pontos) tenha ficado em Almeirim. Apesar dos altos e baixos que tivemos no encontro, esta foi uma vitória muito importante, que uniu adeptos e equipa em comunhão e que serve de tónico para o ciclo difícil que iremos enfrentar, a começar já no próximo sábado em Torres Vedras frente à Física.”

Fonte- Jornal “O Almeirinense” / hoqueipatins.pt