a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Tomás Pereira foi ...

Sexta-feira , Jul 10 2020
100

FPP espera "respostas ...

Sexta-feira , Jul 10 2020
177

Oliveirense apresenta ...

Sexta-feira , Jul 10 2020
93

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58990

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26846

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21385

FC Barcelona a 1 ponto ...

Segunda-feira , Abr 13 2015
1301

Miguel Viterbo e ...

Sábado , Mar 03 2018
781

Taça do Minho disputou ...

Segunda-feira , Jun 05 2017
812

pluri unhas J

Termasdasds123

<O Termas Óquei Clube (TOC) apresentou no último fim de semana a sua nova equipa sénior 30 anos depois de ter abandonado as competições. O clube de S. Pedro do Sul revelou o plantel aos sócios numa sessão inaugural que teve lugar no Pavilhão David Correia de Andrade, onde os hoquistas também fizeram um jogo particular contra a formação do Académico Futebol Clube.

A nova equipa do TOC é composta por 15 jogadores. Na apresentação, o presidente Tiago Ferreira não escondeu o grau de importância do regresso aos ringues e falou de um coletivo que já fez história.

“Há 30 anos que não tínhamos hóquei sénior nas Termas de S. Pedro do Sul. 2018 será um ano que ficará marcado na nossa memória e acreditamos que os atletas que integram a equipa também ficarão marcados pela positiva”, afirmou.

O dirigente também enalteceu a importância de a equipa estar no Pavilhão David Correia de Andrade, onde, recordou, se realizou grande parte do percurso do TOC.

Além do presidente, o treinador José Carlos Casal também não escondeu o orgulho pela reentrada nas competições, que simboliza um projeto “ambicioso, de futuro e para sempre”. O técnico admitiu ainda que a equipa terá um longo caminho pela frente para voltar a se singrar na modalidade.

“Prometemos muito trabalho, precisamos de uma pontinha de sorte e queremos, sem dúvida, o apoio de todas as pessoas das Termas”, rematou. No final da sua intervenção, o treinador deixou o grito de guerra: “Força, Termas Óquei Clube”.

O clube vai disputar este ano a Terceira Divisão nacional de hóquei em patins.>

Jornal do Centro