a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

1.ª Divisão- Resumo do ...

Terça-feira , Out 26 2021
17

Ezequiel Mena- “É ...

Terça-feira , Out 26 2021
9

Supertaça Feminina- ...

Terça-feira , Out 26 2021
10

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61160

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
29456

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
23789

Turquel apresenta-se ...

Sexta-feira , Set 07 2018
1003

Pedro Moreira de volta à ...

Segunda-feira , Jul 06 2020
838

TP: AD Limianos elimina ...

Sábado , Fev 11 2017
1772

05 Barbeiro Completo 500h

20180824 fc porto hoquei PAL21055

<"OBJETIVOS ALTOS E EXPECTATIVAS AMBICIOSAS"

Equipa de hóquei em patins arrancou oficialmente a temporada. Guillem Cabestany mantém os “objetivos altos”

A equipa de hóquei em patins já prepara a temporada de 2018/19, para a qual o treinador Guillem Cabestany disse manter os objetivos altos e as expectativas ambiciosas com as quais o plantel iniciou as temporadas anteriores. Nas primeiras palavras para lançar a época que se avizinha, o catalão falou sobre as três caras novas do plantel e sobre o trabalho que espera o grupo durante a sempre exigente pré-temporada.

Uma dessas caras novas é Giulio Cocco, que disse estar preparado para deixar tudo em campo para justificar a aposta feita pelo FC Porto. O internacional italiano falou no “nível altíssimo” de hóquei dos novos companheiros e disse também já estar a trabalhar nos limites para lá chegar o mais brevemente possível.

Objetivos ambiciosos
“Como sempre as expectativas são altas e os objetivos ambiciosos. Vamos tentar trabalhar e jogar bem e se fizermos isso podemos pensar em ganhar todos os jogos e estar na luta pelas competições, dando assim continuidade ao que vem sendo feito nas últimas temporadas.”

As três caras novas
“A nível de jogadores há três alterações. Só por isso já temos um contexto diferente do ano passado, pois tem que haver uma fase de adaptação. Partimos com mais trabalho para fazer, mas também com ar fresco dentro da equipa. O Poka é um defesa com bastante experiência, de quem esperamos um rendimento médio alto a mais curto prazo. O Júlio tem muita qualidade, experiência também, apesar de novo, e pode-nos trazer fantasia e criatividade, sabendo que vamos ter que ser pacientes para que tenha o seu tempo de adaptação. No mais novo, o Hugo Santos, também tenho muita confiança. Pouco a pouco vai tendo o seu espaço e vai adaptar-se à dinâmica da equipa.”

Preocupações na pré-temporada
“Na pré-época há sempre mais trabalho do que o habitual. Temos três alterações e também por isso, sem pausas, mas sem pressas, vamos tentar recuperar a forma física dos jogadores e introduzindo os conceitos técnicos e táticos. O trabalho mais difícil e mais complicado é para os novos, pois vão ter que lidar um muita informação.”

O formato do campeonato
“O sistema está decidido e eu só tenho que me adaptar ao que está. Na minha opinião, as 14 equipas são um pouco curtas, pois poderia haver mais jogos e oportunidades para os muitos jogadores de qualidade. Não é assim, a Federação decidiu e temos que lidar com isso.”

Objetivo é tentar ser sempre melhor
“Continuo a dizer que a época do ano passado foi muito boa a nível de exibições. A equipa mostrou um nível médio muito alto, mas vai ser ainda mais difícil. Vamos tentar que a médio prazo o nível seja melhor ainda e vamos tentar que o FC Porto da parte final da época seja melhor do que o do ano passado, melhorando também o rendimento dos jogadores que já cá estavam.”

Giulio Cocco (avançado)
“Estar aqui é muito bom. Já tive a oportunidade de passear pela cidade, pelo centro, e é muito bonito. Os primeiros dias têm sido felizes. Os primeiros tempos têm sido felizes. Os primeiros tempos serão certamente de adaptação, pois o hóquei italiano é muito diferente, mas já estou a trabalhar no máximo para fazê-lo o mais rapidamente possível. Conheço o treinador do Breganze e sei que vou ter que deixar tudo em campo. Quanto aos companheiros, conhecia a maior parte. Têm todos um nível altíssimo e a mim só me resta trabalhar para tentar igualar o nível deles.”>

Foto±Fonte: FC Porto