a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Paulo Almeida- “Ainda ...

Sexta-feira , Mai 29 2020
63

Comunicado Conjunto das ...

Sexta-feira , Mai 29 2020
88

AD Sanjoanense começa a ...

Quinta-feira , Mai 28 2020
117

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58768

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26624

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21229

2.ª Div. Norte: ...

Domingo , Abr 09 2017
1297

Sporting CP –Estreia do ...

Domingo , Out 01 2017
858

“Poka”- “um orgulho ...

Quinta-feira , Mai 24 2018
594

pluri unhas J

pedronunes2 antevisao new

O treinador do Benfica, Pedro Nunes, teceu algumas criticas à alteração do modelo competitivo do campeonato nacional da 1ª Divisão para a próxima época, tendo a Federação de Patinagem de Portugal (FPP) enviado uma proposta aos clubes.
"O Benfica sempre foi contra as segundas fases e playoffs. Das hipóteses que havia escolhemos o mal menor. Agora temos de pensar que mais 14 jogos por época vão retirar força às equipas portuguesas envolvidas nas provas europeias e mesmo a Seleção Nacional vai ser afetada, uma vez que os jogadores chegam mais fatigados que os seus adversários", analisou o técnico das águias.
No entanto, não é só modelo competitivo que foi alvo de reparos por parte de Pedro Nunes. O ‘timing’ com que a FPP enviou a proposta aos clubes também não foi do agrado de treinador do Benfica. "Não é em meados de maio que se informa os clubes de que se vai alterar o quadro competitivo, pois nesta altura já se planeia a próxima época e vai ser necessário repensar os planteis. Se calhar um plantel de 10 jogadores vai ser pouco", alerta.
A proposta federativa para o novo modelo competitivo prevê uma primeira fase com 26 jornadas (todos contra todos) e depois uma segunda fase dividida em dois grupos: o A, com os oito primeiros a lutar pelo título, e o B, com os seis últimos a competir pela manutenção, o que vai aumentar para 40 o número de jogos por época para cada equipa.
Caso este modelo seja aprovado pelos clubes, o atual modelo do campeonato será o último onde funciona o sorteio condicionado, o qual coloca os quatro crónicos candidatos (FC Porto, Benfica, Sporting e Oliveirense) a defrontarem-se nas últimas jornadas da primeira e segunda voltas da competição.

Fonte- Jornal “Record”