a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Andrés Castaño cedido ao ...

Quarta-feira , Jun 03 2020
108

Murches com mais dois ...

Terça-feira , Jun 02 2020
157

Diogo Alvez reforça o HC ...

Terça-feira , Jun 02 2020
153

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58788

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26640

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21245

Liga Europeia- FC Porto ...

Domingo , Nov 26 2017
770

Mealhada recebe Torneio ...

Domingo , Dez 07 2014
1898

"Cinco Ideal" do 39.º ...

Segunda-feira , Mar 30 2015
2050

pluri unhas J

27544775 10155844141980169 9140191033590005223 n

Pedro Ferreira é o novo técnico da equipa de Sub-15 do Cascais que está a participar na Taça “João Campelo”, prova organizada pela AP Lisboa.
Depois de ter saído do UDC Nafarros, por motivos profissionais, tendo no entanto e neste período colaborado com a AP Lisboa na estrutura das Seleções Zonais, Pedro Ferreira aceitou o convite formulado pelo Clube da Linha para orientar a equipa de Sub-15 até ao final da temporada, ao mesmo tempo que procura reativar a formação deste Clube Histórico.
Os responsáveis pelo Hóquei em Patins Juvenil do Cascais em estreita colaboração com Pedro Ferreira irão muito em breve iniciar o projecto de captação para equipas de Sub-15 e Sub-17 no Clube, com vista à próxima época desportiva.
Na sua página pessoal do Facebook, Pedro Ferreira deixa a sua mensagem e os motivos de ter aceite este novo projecto.
Desde fevereiro, que estou sem fazer uma das coisas que mais gosto de fazer, que me dá prazer e felicidade, que é treinar e estar na pista.
Felizmente tive vários contactos, para voltar a treinar uma equipa na época que se aproxima, 2018 / 2019.
Entre esses contactos, esteve o GDS Cascais, que me convidaram para ajudar a revitalizar e a crescer a formação do clube, que não passa pelos seus melhores anos.
De facto, o projecto que me endereçaram, é um projecto ambicioso, com um desafio enorme, que carece de muito trabalho.
Agradeço de coração todos os contactos que me endereçaram, todos eles para escalões superiores, em especial ao senhor C.B, ao V.S e P.S, mas de facto não podia deixar de olhar para o GDS Cascais, (um clube onde já havia estado na época 2014 / 2015 nos escalões Sub13 e Sub20) para o desafio que me propuseram, na pessoa da Sra. Paula Virgilio e Sr. Rui Miranda (directores do hóquei), pessoas essas que conheço alguns anos e sei que tudo farão para elevar a formação do clube.
O objectivo da formação do GDS Cascais passa pelo renascer, o elevar das suas Camadas jovens e torná-las competitivas.
E preciso muito trabalho para chamar os atletas, para que estes olhem para o GDS Cascais, como um clube de valor, de progressão, mas como em tudo, eu acredito que é possível virar a página, e é isso que me proponho fazer.
Quem me conhece sabe que me dedico de corpo e alma às causas e ao trabalho desportivo, e como tal, espero que os atletas adiram ao GDS Cascais, que se desloquem aos seus treinos de captação que irei realizar nos próximos tempos, sobre tudo em camadas sub15 e Sub17”, conclui.