a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

“Oitavos” de Final da ...

Quarta-feira , Fev 26 2020
50

Paulo Almeida- “Mostrar ...

Quarta-feira , Fev 26 2020
34

AP Ribatejo vence Inter ...

Quarta-feira , Fev 26 2020
84

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58250

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26144

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20809

III D – Zona Centro- ...

Terça-feira , Out 14 2014
2192

Ricardo Geitoeira: “Com ...

Sexta-feira , Jan 08 2016
1206

3.ª D- Centro- ...

Segunda-feira , Fev 08 2016
1059

interioresCabeleireiro ESS Q

imgS620I220165T20180501232416

<Após as duras críticas do treinador Paulo Pereira à dupla de arbitragem composta por Xavier Bleuzen e Julien Thibaud na final da Taça CERS frente ao Lleida, foi a vez de Francisco Dias da Silva, presidente do OC Barcelos, mostrar-se insatisfeito com o trabalho dos árbitros franceses.

«O OC Barcelos dignificou o clube, o passado que tem e o hóquei em patins de um modo geral. Não vou dizer que não nos deixaram ganhar, mas a arbitragem foi muito má. Os árbitros é que não dignificaram nada a modalidade quando tudo levava a crer que íamos ganhar o troféu», afirmou Francisco Dias da Silva.

«Depois veio a lotaria dos penáltis e aí não tivemos competência. Sabíamos que um dia íamos perder mas nunca pensámos que fosse desta forma, em que fomos um pouco obrigados a perder. Mas já passou e vamos lutar para que no próximo ano possamos estar novamente a disputar as finais», acrescentou o presidente do clube minhoto.>

Foto±fonte: Zerozero.pt