a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Nomeações de 29 ...

Sexta-feira , Fev 28 2020
172

Gonçalo Alves- ...

Sexta-feira , Fev 28 2020
48

Alejandro Domínguez- ...

Quinta-feira , Fev 27 2020
78

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58276

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26152

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20825

CN- 2.ª D- Zona Sul – ...

Sexta-feira , Mai 01 2015
1043

Conheça o novo ...

Quarta-feira , Set 30 2015
1296

Bruno Carvalho no ...

Terça-feira , Fev 03 2015
1660

interioresCabeleireiro ESS Q

imgS620I219156T20180417165225

Nasceu na Argentina mas foi em Portugal que ganhou protagonismo no hóquei em patins. Emanuel Garcia aterrou no Porto com apenas 16 anos, integrou as camadas jovens do FC Porto e mais tarde tornou-se num dos quatro jogadores que participaram em todos os campeonatos do histórico deca azul e branco, juntamente com Edo Bosch, Filipe Santos e Reinaldo Ventura.
Após 12 anos de ligação ao FC Porto, tendo tido também uma breve passagem pelo HA Cambra, o internacional argentino mudou-se para Itália. Jogou no Viareggio e no Bassano e decidiu posteriormente rumar a Espanha, tornando-se no primeiro jogador estrangeiro a atual pelo Igualada.
No início desta temporada, Emanuel Garcia recebeu uma proposta da Juventude de Viana e decidiu regressar a um país que considera ser também a sua casa. O argentino tem-se dado bem com os ares do Minho e atualmente lidera mesmo a lista dos marcadores do campeonato com 33 golos apontados.
«Fico muito contente pela forma como as coisas estão a correr. Parte do meu trabalho é ajudar a equipa com golos e acho que está a ser muito positivo. O campeonato está fantástico, melhor do que nunca, é sem dúvida o melhor do mundo na atualidade e portanto a minha prestação deixa-me muito orgulhoso, mas ainda não completamente satisfeito. Tenho de continuar a trabalhar e a melhorar», confessa, ao zerozero.pt, Emanuel Garcia, garantindo que não tem a obsessão de terminar a época como o melhor marcador do campeonato.
«Seria muito bom, mas não será nada fácil. Não posso dizer que é um objetivo, mas fico muito contente pelo modo como as coisas estão a correr», admite.
Atualmente no sexto lugar do campeonato, a Juventude de Viana está a seis pontos da UD Oliveirense, quarta classificada que ocupa o último posto que dá acesso à Liga Europeia. E o próximo jogo é precisamente contra a turma de Oliveira de Azeméis agora orientada por Renato Garrido, que esta semana deixou os vianenses para treinar a UD Oliveirense.
«O nosso objetivo é tentar fazer melhor do que no ano anterior mas ainda falta muito campeonato e muitos confrontos diretos entre equipas com os mesmos objetivos. O quarto lugar, que no início do campeonato seria inimaginável, é matematicamente possível mas vamos passo a passo e no final faremos as contas. Tudo é possível e o campeonato está extremamente competitivo. Temos três vitórias consecutivas no campeonato e estamos motivados e a trabalhar para ir conquistar a quarta a Oliveira de Azeméis», assume.
No futuro, Emanuel Garcia não descarta a possibilidade de voltar a ingressar numa equipa que lute por conquistar o campeonato. Esse é um desejo, mas aos 34 anos diz-se feliz em Viana do Castelo e pode mesmo estar em vias de renovar o contrato.
«Estou muito bem em Viana do Castelo e só tenho palavras de agradecimento. O interesse em manter esta ligação é mútuo e espero nos próximos dias já ter novidades e confirmações nessa matéria», atira o melhor marcador do campeonato.

Fonte/foto- www.zero.zero.pt

.