a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Xavier Barroso- “Vamos ...

Terça-feira , Fev 07 2023
12

Edu Lamas- “Vamos com ...

Terça-feira , Fev 07 2023
13

3.ª D- Série D- CRIAR-T ...

Terça-feira , Fev 07 2023
18

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62988

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31851

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25834

Marco Viana (ADJ Vila ...

Sexta-feira , Nov 11 2016
1639

CNF- Sul- Águias mantem ...

Quinta-feira , Dez 02 2021
362

Resumo HC Turquel- AD ...

Terça-feira , Mar 02 2021
690

4 Tec Massagem 27 Fev

candelaria tigres 7jorn diogo rosa

Candelária SC – HC “Os Tigres 3-3

A falta de eficácia nas bolas paradas por parte do Candelária e a pontaria afinada do jovem Anderson Luís do lado da equipa que viajou de Almeirim acabaram por ser determinantes no desfecho final do encontro que se realizou na Ilha do Pico.
O Candelária que vinha de uma derrota em Sintra, tinha pela frente um conjunto moralizado e que tinha somado um triunfo na ronda anterior frente ao S Alenquer B, procurava aqui redimir-se de um inicio de temporada um pouco “amorfo”, mas desde cedo deu para perceber que “pontaria” era coisa que estava desalinhada. Tiago Resende desperdiçou um LD a castigar um Azul a Hernâni Domingos, corria o minuto oito, e logo a seguir é o Tigres que inaugura o marcador por Anderson Luís com a equipa ribatejana a jogar em underplay. A um minuto do intervalo Pedro Afonso empata a partida numa fase de maior assédio dos açorianos.
Veio o segundo tempo e é novamente o Tigres a ganhar vantagem por Anderson Lúis estavam decorridos sensivelmente 5 minutos de jogo.
Edgar Pereia aos nove minutos volta a desperdiçar uma bola parada, no caso uma GP, situação imitada poucos segundos depois por Hernâni Domingos na conversão de um LD a penalizar um Azul a Edgar Pereira. No entanto a equipa ribatejana chega mesmo ao 3-1 numa fase em que jogava em superioridade numérica, e mais uma vez pelo camisola 7, Anderson Luís que fazia aí o hat trick na sua conta pessoal.
O Candelária teve que ir à busca de um resultado diferente e aos 16 minutos Alan Fernandes reduz para 3-2. O mesmo jogador, três minutos depois desperdiça um LD (Azul a Anderson Luís) mas redimir-se-ia logo de seguida ao fazer o empate.
Até final seria o Candelária a ter a melhor oportunidade neste período mas Pedro Afonso a falhar um LD correspondente *A 10.ª falta do Tigres de Almeirim.
Empate que se justifica pela assertividade do Tigres e penalizou a pouca eficiência na hora da verdade por parte dos insulares.
Após esta jornada o Tigres de Almeirim desceu para a 5.ªposição com 13 pontos, enquanto o Candelária ocupa agora o 10.º lugar com 8 pontos.

Foto – Diogo Rosa / www.hoqueipatins.pt

workshops para rodapé Noticias ExtensãodeSobrancelha