a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

FC Porto vence Deportivo ...

Sexta-feira , Ago 19 2022
29

Águias vencem OC ...

Sexta-feira , Ago 19 2022
38

Frederico Mascarenhas ...

Sexta-feira , Ago 19 2022
36

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62226

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31099

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25237

CN Sub-20- SC Tomar soma ...

Sexta-feira , Abr 26 2019
1043

2.ª Div. Norte: AD ...

Domingo , Nov 19 2017
1554

A Importância da ...

Quarta-feira , Abr 08 2015
2387

Curso Unhas de Gel Profissional 25h ed

MundialemLisboa1947

«1947. O Pavilhão dos Desportos, em Lisboa, recebeu o terceiro Campeonato do Mundo de hóquei em patins, o primeiro do pós-guerra, numa prova disputada simultaneamente com o 13.º Campeonato da Europa.

Na foto principal, a cerimónia de apresentação das sete seleções que participaram, todas elas europeias: Portugal, Espanha, Itália, Inglaterra, Suíça, França e Bélgica.

Na primeira edição do pós--II Guerra Mundial, o campeonato do mundo de hóquei em patins foi organizado em Lisboa, com o antigo Pavilhão dos Desportos (hoje denominado Pavilhão Carlos Lopes e reaberto ao público já neste ano) como palco. Tal como as duas edições anteriores do mundial, a prova decidia simultaneamente o título de campeão europeu e o campeonato em Lisboa marcou o início da ascensão de Portugal ao topo do hóquei em patins mundial, acabando definitivamente com a hegemonia inglesa, que tinha vencido todos os 12 títulos europeus e dois mundiais disputados antes da II Guerra Mundial. Com uma geração dourada em que se destacavam nomes como Correia dos Santos ou Jesus Correia - que marcaram respetivamente 12 e 11 golos nesse campeonato -, Olivério, Sidónio Serpa ou o guarda-redes Cipriano dos Santos, Portugal venceu todos os seis jogos que realizou, acabando com o melhor ataque (27 golos marcados) e a melhor defesa (oito sofridos) da competição. O inédito título foi até garantido na véspera do último jogo de Portugal, a 22 de maio de 1947, no dia de folga dos portugueses, aproveitando a der- rota da Inglaterra face à Itália. Por fim, para consumar a passagem de testemunho, a seleção portuguesa bateu a inglesa por 3-0, no último dia.»

Foto|Fonte: DN Desporto

workshops para rodapé Noticias EscovaProgressiva