AACempataGulpisegueemfrente2

Disputou-se no passado fim de semana a 6.ª e última jornada da 2.ª Fase do Campeonato Nacional da Sub15, com a AA Coimbra a empatar a 3 bolas na visita ao Gulpilhares, apurando-se assim para a Fase Final, com 10 pontos (2.ºlugar), juntamente com o FC Porto. 

A Briosa entrou em jogo personalizada e mostrando um hóquei de tendência atacante.
Fruto dessa toada de jogo a Académica abriu o marcador através de oportuno desvio de Diogo Lemos a remate forte de Zé Flores. 

A equipa do Gulpilhares não virou a cara ao jogo e beneficiou de um livre directo que Tomas Pratas defendeu superiormente. Na jogada seguinte o Gulpilhares repôs a igualdade, com João Silva a fazer o 1-1. 

A parada e resposta marcava este período do jogo e a Académica voltou a adiantar-se no marcador, com Zé Miguel Flores a fazer o 1-2, resultado com que chegou o intervalo.

No reatamento voltou a Académica a entrar com a baliza do Gulpilhares como objectivo e numa jogada de fino primor técnico Diogo Lemos marcou o terceiro golo.
O Gulpilhares mostrou a sua firme disposição de contrariar a Académica e num desvio à boca da baliza reduziu para 2 a 3 por Rafa Oliveira, que relançou o encontro. 

Com um pavilhão a vibrar e as duas equipas empenhadas em mostrar como se joga bom bom Hóquei em Portugal, o Gulpilhares beneficiou de um livre directo que Tomás Pratas defendeu uma e duas vezes, não conseguindo segurar o terceiro remate, com Rafa Oliveira a fazer o 3-3. 
Aproximava—se o final do jogo e a Briosa não podia perder para manter aspirações à fase final. Com um final de nervos a Equipa de Sub 15 da AAC continua a escrever uma história inédita para Coimbra, qualificando uma equipa da formação pela primeira vez para uma fase final a Quatro, onde também estarão o FC Porto, o Sporting CP e o SC Tomar.

AACempataGulpisegueemfrente

Resultados e Classificação

workshops para rodapé Noticias EscovaProgressiva