a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Diogo Carrilho de ...

Terça-feira , Nov 19 2019
396

CNF- Águias com jornada ...

Terça-feira , Nov 19 2019
46

FPP- Código de Conduta ...

Terça-feira , Nov 19 2019
102

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
57606

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
25527

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20340

Edu Castro: "É uma ...

Sexta-feira , Set 28 2018
369

"Vingança servida em ...

Terça-feira , Out 17 2017
875

Marc Coy em entrevista ...

Segunda-feira , Set 05 2016
979

interioresinteriores

equipa argentina

Argentina – Portugal 6-5

Portugal não conseguiu somar a quinta Taça das Nações consecutiva, muito por culpa de uma Argentina pragmática e que teve a estrelinha nos momentos chaves do jogo. João Rodrigues com 4 golos ainda foi alimentando a esperança aos portugueses, mas hoje decididamente o dia era da Selecção das Pampas.
A partida iniciou-se com uma toada de equilíbrio com as duas selecções a respeitarem-se embora Portugal fosse mais perigoso quando atacava a baliza adversária, mas foi a selecção das pampas a inaugurar o marcador por Matias Platero, corria o minuto 7.
Gonçalo Alves pouco menos de um minuto depois e numa seticada fortíssima restabeleceu a igualdade.
Com o jogo a pautar-se numa toada de parada e resposta foi novamente a selecção sula americana a ganhar vantagem por Matias Pascual ao minuto 15. Pouco depois a Argentina poderia aumentar o score mas Nicolia falha a GP que dispõem e aos 22 minutos é João Rodrigues que empata a partida de GP. No entanto e novamente de bola para a Argentina mesmo nos segundos finais do primeiro tempo volta a desperdiçar, agora um LD a castigar um Azul mostrado a Gonçalo Alves.
Segunda parte de muitos nervos e foi a Argentina a voltar a ganhar vantagem por Nicolia na marcação de LD (aos 4 minutos) na sequência da 10.ª falta dos lusos. Os festejos do internacional argentino extravasaram com o sururu montado no Pavilhão. Na sequência deste lance o jogador que milita no SL Benfica vê Azul assim como Luís Sénica. Com os nervos à flor da pele Portugal volta a empatar, de bola parada e mais uma vez João Rodrigues a não perdoar na marcação de uma GP, decorria o minuto 5 desta etapa complementar.
Fase de maior ascendência lusa que acabou por desperdiçar dois livres directos (Hélder Nunes após um azul a Matias Platero, aos 5 minutos e Gonçalo Alves aquando da 10 falta da Argentina, corria o minuto 10). O mesmo aconteceria aos 13 minutos mas para a Argentina com Nicolia a não conseguir converter o LD correspondente à 15.ª falta de Portugal, mas Matias Pascual pouco depois bisava na partida e colocava pela quarta vez a selecção argentina na frente do marcador.
Corria o minuto 19 quando João Rodrigues o marcador de serviço das GP voltou a colocar a bola no fundo das redes da baliza argentina na marcação de mais uma GP e a fazer o “hat Trick” neste encontro.
Últimos minutos muito rápidos e a proporcionarem faltas. E foi assim que a Argentina, mais uma vez ganha vantagem ao apontar de LD (15.ª falta de Portugal), aos 22 minutos mas o camisola 9 luso no minuto seguinte a fazer pela quinta vez o empate e a apontar o “póquer” na sua conta pessoal.
Quando já se esperava pelo prolongamento, a Argentina através de Reinaldo Garcia consegue fazer o 6-5 já no ultimo minuto do encontro.
Vitória que acabou por sorrir aos sul americanos num jogo que poderia ter caído para qualquer dos lados.

Foto- Gordon Morrison

workshops para rodapé Noticias AutoManicura