a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Miguel Rocha decisivo em ...

Quarta-feira , Nov 25 2020
20

Triunfo suado dá ...

Quarta-feira , Nov 25 2020
37

Falecimento de Alvaro ...

Quarta-feira , Nov 25 2020
21

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
59640

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27527

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21935

Alexandre Marques ...

Sábado , Jun 06 2015
1847

Sub13 da ADB Campo ...

Domingo , Jan 29 2017
1525

Nuno Resende e a derrota ...

Segunda-feira , Dez 03 2018
564

Pluriform PP1

img 770x4332017 03 16 17 01 14 1238221

Paulo Freitas expressou satisfação pela vitória segura diante do Paço de Arcos, realçando o conforto que a vantagem inicial deu à formação leonina
O treinador da equipa sénior de hóquei em patins do Sporting CP, Paulo Freitas, exibiu contentamento pelo triunfo no rinque do Paço de Arcos, por 5-1. Feliz pela estreia pelos verdes e brancos no campeonato, mas muito mais pelo comportamento colectivo da formação, que fez questão, inclusivamente, de elogiar: "Foi um jogo muito bem conseguido. Cumpriram perfeitamente aquilo que lhes foi pedido. Apresentámos dinâmica, controlo de jogo e intensidade. Não podíamos mudar tudo e, à medida que os jogos passam, sinto que a equipa está a assimilar o que pretendemos. Isso é o importante".
Sergi Miras e João Pinto deram uma vantagem de dois golos ainda nos primeiros quatro minutos de jogo. Decisiva segundo o timoneiro leonino.
"Conseguimos um avanço confortável. Pressionámos o portador da bola e obrigámos o adversário a cometer erros. O Paço de Arcos não conseguiu organizar o seu jogo e claro que marcar cedo catapulta e dá ainda mais confiança", explicou Paulo Freitas antes de assinalar que o propósito "continua a ser de ter uma caminhada repleta de vitórias".
Para 8 de Abril está marcado o reencontro. O Óquei de Barcelos vem a Alverca e os sentimentos, como garante o ex-treinador, ficam fora do rinque: "Espero uma equipa com muita qualidade, uma formação que colectivamente é muito forte e que, naturalmente, conheço bem. Os jogadores do Óquei de Barcelos terão uma motivação extra, mas perceberam a minha opção de carreira, de vir para este grande Clube. É um jogo de emoção, todos temos um carinho grande uns pelos outros, mas tenho a certeza de que, durante os 50 minutos, os meus ex-jogadores serão profissionais".

Fonte – www.sporting.pt

Foto - www.cortinaverde.pt

workshops para rodapé Noticias EscovaProgressiva