a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Confirmado o adiamento ...

Sexta-feira , Out 30 2020
41

Desporto pára quase todo ...

Quinta-feira , Out 29 2020
518

Taça 1947, vai ser na ...

Quinta-feira , Out 29 2020
140

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
59561

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27452

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21850

"Angola divulga Seleção ...

Sexta-feira , Jul 28 2017
1428

Rescaldo do XV Torneio ...

Segunda-feira , Fev 12 2018
896

Secção Juvenil do SC ...

Terça-feira , Set 02 2014
2163

Pluriform PP1

17103407 1271125306301350 342618346717501342 n

A 17ª jornada do campeonato nacional da 1ª divisão leva a Juventude de Viana até à Capital para defrontar o actual líder do campeonato, Benfica, depois mesmo de saber da suspensão, pela Federação Portuguesa de Patinagem, do técnico vianense, Renato Garrido por um período de 28 dias.
Independentemente desse condicionalismo, a Juventude de Viana tem preparado este jogo de forma a conseguir trazer os três pontos até Viana do Castelo. Assim, e depois de perder pela margem mínima com a Oliveirense, é diante de outro grande que a Juventude de Viana procura pontuar, sabendo que o Benfica vem de um empate fora de portas com o Barcelos, o que torna ainda mais difícil o objectivo.
Na antevisão da partida Renato Garrido afirma que os vianenses estão a preparar o encontro "com responsabilidade e seriedade como todos os outros jogos. A única diferença é que não vou estar no banco. Mas já conversamos e o mais importante é os jogadores estarem tranquilos e fazerem aquilo que melhor sabem que é jogar hóquei em patins".
Quando à sua expulsão e o impacto que tem dentro do plantel, o treinador está confiante que se vai "contornar essa situação. A equipa está bem e moralizada. No entanto, não deixamos de nos sentir tristes com algumas más interpretações de lances que tem acontecido connosco desde o início da época".
E quando questionado sobre o motivo da expulsão e consequente suspensão, que a direcção do clube está a decidir e refletir o que fazer, Renato Garrido lembrou: "eu vou estar sempre à frente na defesa do grupo de trabalho e da Associação Juventude de Viana e continuo acreditar que em Portugal estão os melhores árbitros. Não me vou pronunciar sobre isso".
Também o Benfica se vê privado, para este jogo, de duas peças importantes, exactamente por castigo, o experiente guardião Guillem Trabal e Tiago Rafael, após expulsão no jogo da jornada passada. Não é por isso que se esperam facilidades, bem pelo contrário, como alertou Renato Garrido.
A Juventude de Viana sabe que vai "jogar com primeiro classificado em sua casa. Temos as nossas armas. E vamos tentar ao máximo lutar pelos pontos que sabemos que vão ser extremamente difíceis", rematou o técnico.
A Juventude de Viana, que soma 22 pontos, joga com o Benfica, que tem 43 pontos, às 15h, na Luz. Na primeira volta, em Viana do Castelo, num jogo que tão cedo não sairá da memória pelas decisões polémicas que o envolveram, a Juventude de Viana perdeu, por 4-5.

Fronte – Facebook Oficial da A. Juventude Viana
Foto - Facebook Oficial da A. Juventude Viana/ Paula Brites Cunha

workshops para rodapé Noticias ExtensãodeCabelo