a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Liga Placard- resumo ...

Segunda-feira , Set 26 2022
19

CNF- Zona Centro- ...

Segunda-feira , Set 26 2022
12

Liga Placard- Resumo SC ...

Segunda-feira , Set 26 2022
21

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62406

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31272

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25369

Renato Castanheira: ...

Sexta-feira , Jan 29 2016
1890

Torneio Jovem CDPA 2018 ...

Quarta-feira , Abr 04 2018
1977

Filipe Martins reforça ...

Terça-feira , Ago 17 2021
924

Nail Art Nível I 19 Setembro

Goncalo Alves fcp cambra campeonato noticia

1.ª D- “Bis” de Gonçalo Alves no triunfo do FC Porto

FC Porto – A Juventude Viana 4-1

O FC Porto recebeu nesta noite de 4.ª Feira a Juventude de Viana em jogo antecipado da 15.ª Jornada com os Dragões a vencerem por 4-1, numa partida que marcou o regresso ao "Dragão Caixa" de Edo Boch, mas com a camisola da Juventude de Viana, após 18 anos de Azul e branco vestido.
Partida onde a equipa de Cabestany foi quase sempre superior, em particular na primeira parte onde as transições e os movimentos atacantes da equipa portista puseram em água a defesa minhota. Valeu a excelente exibição de Edo Boch a que se juntou alguma inépcia dos atacantes da equipa azul e branca, e porque não dize-lo também alguma falta de sorte dos jogadores portistas.
Logo ao segundo minuto Gonçalo Alves desperdiçou uma GP, com o golo a parecer aos 5 minutos por intermédio do mesmo jogador.
Fase de grande pressão portista que beneficia de mais uma grande penalidade mas Hélder Nunes a enviar a bola ao ferro. Pouco depois uma grande penalidade a favor da Juventude de Viana proporciona o empate, apontado por Tó Silva. Resultado que não expressava o que se passava dentro de rinque, mas até ao intervalo o resultado não se alteraria.
Veio o segundo tempo e manteve-se a mesma toada e Hélder Nunes em jogada individual a fazer o 2-1 para o FC Porto, corria o minuto 4 desta etapa complementar.
Oas 8 minutos é a vez de o Viana poder empatar na sequencia de um LD a castigar a 10.ª portista, mas Tó silva não consegue desfeitear Carles Grau e na sequência da jogada é o FC Porto que aumenta para 3-1, golo apontado por “Rafa”.
O 4-1 acontece aos 12 minutos e já depois e Hélder Nunes pelo FC Porto e Tó Silva pelo Viana terem desperdiçado uma grande penalidade, cada.
Até final manteve-se o domínio da equipa azul e branca, que justificou em pelno o triunfo alcançado que a coloca novamente na segunda posição da tabela classificativa, embora à condição, já que soma um jogo a mais.

workshops para rodapé Noticias NailArt