a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Reinaldo Garcia após o ...

Sábado , Jul 02 2022
14

Paulo Almeida- “Elas não ...

Sábado , Jul 02 2022
10

Águias garantem final ...

Sábado , Jul 02 2022
8

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62096

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30890

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25042

AP Alentejo prepara ...

Terça-feira , Nov 21 2017
1293

FPP – Nomeações de 11 a ...

Segunda-feira , Mai 06 2019
1778

HC Turquel vai ter ...

Domingo , Jun 07 2020
1007

massagista inicial

Helder Nunes Jornada 5 Campeonato Nacional Hoquei em Patins FC Porto Valença 16 10 16

Capitão promete equipa focada no jogo em Riba d’Ave (sábado, 19h00) e alheia ao resultado do dérbi de Lisboa
O discurso do “jogo a jogo” pode ser repetitivo ou pouco original, mas já garantiu vários títulos ao FC Porto. Hélder Nunes adota-o sem problemas, na antevisão da deslocação ao rinque do Riba d’Ave (sábado, 19h00, com transmissão em direto no Porto Canal), da 13.ª jornada do Campeonato Nacional. Nem o facto de a liderança estar ao alcance muda o tom do capitão: os Dragões são segundos, com 31 pontos, menos dois do que o líder Benfica, que recebe o Sporting (quarto, com 28) também no sábado, às 19h30.
“Há bastante tempo que pensamos jogo a jogo, não pensamos no futuro nem no passado. O próximo é com o Riba d’Ave e é neles que estamos focados. O resto se verá. No fim, aí sim, veremos o outro jogo, mas para já só pensamos em nós”, declarou ao www.fcporto.pt e Porto Canal. Para Hélder Nunes, é o coletivo que tem “sobressaído” num FC Porto “recheado de excelentes valores”: “Os golos são distribuídos por toda a gente e as boas exibições também, o que mostra que somos um grupo unido e forte”.
O defesa-médio – que nasceu em Barcelos e fez o seu percurso no Minho até ser contratado pelos Dragões, em 2012 – revela ainda que conhece bem o adversário do concelho de Famalicão, oitavo classificado do Nacional, com 13 pontos. Trata-se de uma “equipa muito aguerrida” e, para além disso, venceu três dos últimos quatro encontros disputados. “É sempre um rinque complicado, lá gostam muito de hóquei, puxam sempre pela equipa e isso é um fator extra. Sabemos que têm como objetivo a manutenção, estão acima da linha de água e querem continuar lá. Sabemos as suas armas, mas acho que também temos armas suficientes para ir lá ganhar”, resumiu.

workshops para rodapé Noticias EscovaProgressiva