a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Protocolo do Sistema de ...

Quinta-feira , Ago 11 2022
32

Calendário da Elite Cup ...

Quinta-feira , Ago 11 2022
56

WSE Continental Cup será ...

Quarta-feira , Ago 10 2022
47

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62207

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31075

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25216

Taça Europe Cup sem ...

Domingo , Jan 20 2019
1002

Final8 da Taça de ...

Segunda-feira , Dez 26 2016
2112

Hirondino Garcia ...

Quinta-feira , Dez 29 2016
1895

Curso Unhas de Gel Profissional 25h ed

CN17 CDPA SLBCD Paço Arcos – SL Benfica 2-4

Jogo referente à terceira jornada da fase final do Nacional de Sub-17, disputado no “Casablanca” junto ao Tejo, com as Águias a levarem a melhor sobre o Paço de Arcos num jogo extremamente equilibrado e onde a diferença no final do jogo esteve na eficácia das jovens águias.
Seria o Paço de Arcos a ganhar vantagem ao fazer 1-0 por Rodrigo Godinho, à passagem do minuto nove o Paço de Arcos empata a na transformação de um GP depois de Frederico Neves ter visto um Azul por parte do árbitro da partida na sequência do jogador seter dirigido ao seu guarda redes para o apoiar. Na sequência deste incidente Frederico neves já no banco vê o consequente vermelho por protestos, segundo o árbitro que o impedirá de jogar, pelo menos, amanhã na Luz no jogo referente à 4.ª jornada. O Benfica chegaria ao empate ainda antes do intervalo por Tomás Cardoso também de LD após um Azul mostrado a Rodrigo Godinho.
Seria na segunda metade que o Benfica voltaria a adiantar-se no marcador por Miguel Feio ao minuto 14 mas o Paço de Arcos não mostrava fragilidades e pouco depois chega ao empate por Alessandro Guzzo. Seriam Xavier Duro e Tomás Cardoso, este mais uma vez de bola parada (LD) a dar a vantagem definitiva na partida.
Como dissemos jogo onde o equilíbrio foi nota dominante com o Benfica a conseguir ser mais assertivo na hora da verdade.
A formação encarnada segue assim na liderança da prova após esta jornada, ultima da primeira volta, com nove pontos.